AnaMaria

Paola Carosella rebate críticas que recebeu após detonar discurso de Bolsonaro

A jurada opinou sobre o discurso do presidente, mas alguns seguidores não gostaram

Da Redação Publicado em 26/03/2020, às 13h53 - Atualizado às 14h02

Paola Carosella faz crítica a Bolsonaro - Instagram/paollacarosella
Paola Carosella faz crítica a Bolsonaro - Instagram/paollacarosella

Paola Carosella decidiu usar as redes sociais, na última quarta-feira (25), para opinar a respeito do discurso feito pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro.

No Twitter, a chef demonstrou estar irritada e se pronunciou: "Fora, miliciano genocida. Fora".

Com isso,o comentário da jurada do 'MasterChef Brasil' acabou gerando uma polêmica entre alguns seguidores, que aproveitaram para comentar a publicação.

"Amada, fica calada. Nem brasileira você é", disse um; "Você não tem o direito de dizer isso, me desrespeita, desrespeita a democracia brasileira, desrespeita os milhões de brasileiros que o elegeram e desrespeita o público que lhe aceitou como brasileira genuína e fez você crescer como profissional que é. Às vezes devemos se calar", opinou outro.

No entanto, Paola não ficou calada e fez questão de rebater as críticas: "Se tem alguém que está faltando o respeito ao Brasil não sou eu, te juro. Tem um cara lá, o tal do atleta, esse tá fazendo um estrago e tanto", disparou.

PRONUNCIAMENTO

Vale lembrar que na noite de terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento em rede nacional, onde culpou os meios de comunicação pelo "alarde criado à população" e afirmou que pacientes, fora do grupo de risco, infectados pelo covid-19 (novo coronavírus) não pegarão mais do que uma "gripezinha". Além disso, criticou a quarentena e pediu a reabertura das escolas e comércio, além do fim do 'confinamento em massa'. 

Com isso, o presidente foi altamente criticado por membros do Congresso e da sociedade civil.