AnaMaria
Últimas Notícias / Novidades

Paralímpiadas: Brasil conquista medalha de prata com Thalita Simplício e Julyana Silva leva bronze

O país está entre as 10 primeiras posições no ranking de medalhas

Da Redação Publicado em 28/08/2021, às 08h48 - Atualizado às 08h56

Thalita Simplício e Julyana da Silva - Instagram/@CPB
Thalita Simplício e Julyana da Silva - Instagram/@CPB

As atletas paralímpicas estão com tudo! Na última sexta-feira (27), Thalita Simplício ganhou medalha de prata na prova dos 400 metros rasos, na classe T11, em 56s80 em Tóquio. Este foi o melhor tempo da atleta de toda sua carreira, Thalita só ficou atrás da chinesa Liu Cuiqing, dona do record mundial da prova: 56 segundos e que também foi medalhista na Rio 2016. O bronze foi para a colombiana Angie Pabson, que finalizou a corrida com 57s46. 

Ainda no estádio em que ocorrem as competições de atletismo, o Brasil levou bronze com Juyliana da Silva.  A atleta conquistou a medalha na categoria lançamento de disco, classe F57, no começo da madrugada deste sábado (28). 

Nascida no Rio de Janeiro (RJ), a carioca realizou um lançamento de 30,49m, nas outras tentativas, alcançou as marcas de:  30,36 m, 30,28 m, 29,41 m, 28,66 m e 29,63 m. O primeiro lugar foi para a uzbeque  Mokhigul Khamdamova, que lançou 31,46m, e a argentina Nassima Saifi levou a medalha de prata, após alcançar 30,81m.

A atleta Tuany Siqueira também representou o Brasil na categoria, mas ficou fora do pódio, ocupando a  11ª posição. Contando com essas medalhas, o Brasil ocupa, neste momento, o sétimo lugar no ranking de medalhas, sendo essas, seis de ouro, cinco de prata e 11 de bronze. 

COMPETIÇÃO                                                                                                                                                                                    Neste sábado (28), a atleta Lúcia Araújo vai competir pelo bronze no judô feminino. A brasileira perdeu na semifinal para a uzbeque Parvina Samandarova no ínicio desta madrugada. 

Lúcia foi para a semifinal após vencer a argentina Laura González, a judoca aplicou o ippon, golpe de maior pontuação e que encerra a luta. Para conquistar o bronze, a atleta volta para a competição as quatro horas da manhã deste sábado.