AnaMaria
Últimas Notícias / caso família ABC

Parente compara morte de família com o caso Richtofen: ''Pior que a Suzane''

Parente de família morta em SP comenta envolvimento da sobrinha: ''Pior que o caso Suzane''

Da Redação Publicado em 07/02/2020, às 13h29 - Atualizado às 13h31

O caso chamou a atenção - TV Globo
O caso chamou a atenção - TV Globo

Flaviana, Romuíuki e Ruan Victor foram encontrados mortos dentro de um carro queimado em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Anaflávia, filha do casal, e a namorada, Carina, confessaram que tiveram envolvimento com o crime, mas negaram a participação e autorização para a morte da família. 

No ‘Encontro’, exibido nesta sexta-feira (7) na TV Globo, Flávio, irmão de Flaviana, falou que considera o caso pior que o de Suzane Von Richtofen.

"É muito doído falar, mas é bem pior que o caso Suzane. A Suzane pagou para fazerem e poupou o irmão. A minha sobrinha participou e não poupou a vida do irmão. Se torna pior que a Suzane", analisou. 

Ao ser questionado por Fátima Bernardes se ele tem ideia de qual foi a motivação para o crime, ele garantiu que não encontra uma explicação. 

"Eu acredito que nada explica. Acabou com a nossa família, com a minha irmã, um sonho de um garoto, com a vida de um cunhado que para mim era um irmão, um paizão. Nunca teve um sinal que pudéssemos desconfiar. Nunca desconfiamos que uma tragédia dessa forma pudesse acontecer na nossa família”, disse.

Para Flávio, a relação de Anaflávia com a família passou a esfriar após ela se envolver com Carina. "Sempre foi um relacionamento tranquilo. Começou a esfriar um pouco quando ela conheceu a Carina, de 1 ano e meio para cá. Ela esfriou com os tios, com a avó, ficou uma pessoa fria, mas mesmo assim, trabalhava com a mãe na loja”. 

Para finalizar, ele disse que a sobrinha não sente remorso ou culpa. "Não vi nenhuma lágrima, o olhar dela é indiferente”.