AnaMaria

Passageiro é expulso de voo ao usar calcinha fio-dental como máscara de proteção

Homem argumentou estar cobrindo nariz e boca adequadamente

Da Redação Publicado em 18/12/2021, às 19h23 - Atualizado às 19h24

Caso aconteceu na Flórida, Estados Unidos - Twitter/@Channing_TV
Caso aconteceu na Flórida, Estados Unidos - Twitter/@Channing_TV

O norte-americado Adam Jenne foi expulso de um voo da United Airlines, na última quarta-feira (15), pelo uso inadequado de máscara de proteção. Acontece que o passageiro apostou em nada menos que uma calcinha fio-dental para se prevenir do coronavírus

Na verdade, a atitude foi uma forma de protestar contra a obrigatoriedade do uso do equipamento exigido pela companhia aérea, em cumprimento do protocolo dos Estados Unidos contra a covid-19. 

Em entrevista à NBC2, Jenne argumentou estar em conformidade com o mandato uma vez que a calcinha cobria apropriadamente seu nariz e sua boca. Os funcionários do avião discordaram da segurança da ‘máscara’ e resolveram expulsar o passageiro do voo entre Fort. Lauderdale, na Flórida, e Washington D.C. 

“É bobagem, tudo bobagem, a Covid não sabe que estamos navegando em altitude. É estúpido, tudo é teatro", afirmou o negacionista, que vestia uma camiseta contra o presidente Joe Biden

Adam Jenne está proibido de voar pela United Airlines até que o caso seja analisado. Ainda assim, o norte-americano garantiu que não deixará o protesto para trás e que tentará repetir o feito com outras companhias aéreas. 

Confira: