AnaMaria
Últimas Notícias / Política

“Pelo menos não é um bando de cachaceiros que governa o Brasil”, diz Bolsonaro em resposta a Lula

Durante entrevista, o ex-presidente se descontrolou e disse que “um bando de malucos” governava o país

Da Redação Publicado em 27/04/2019, às 11h37 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Jair Bolsonaro - Reprodução/Divulgação
Jair Bolsonaro - Reprodução/Divulgação

Uma entrevista do ex-presidente Lula ao jornal Folha deu o que falar na última sexta-feira (26). A conversa durou cerca de duas horas e dez minutos, e ele acabou criticando o atual presidente Jair Bolsonaro.

"Vamos fazer uma autocrítica geral nesse país. O que não pode é esse país estar governado por esse bando de maluco que governa o país. O país não merece isso e sobretudo o povo não merece isso", disse ele.

Lula ainda falou sobre como sua imagem é e foi tratada pela imprensa. Segundo ele, seu modo de falar teria sido um dos alvos. "Sempre riram de mim porque eu falava 'menas'. Agora, o Moro falar 'conje' é uma vergonha", completou.

ATAQUE À FAMÍLIA BOLSONARO

O fato de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) ter empregado familiares de um miliciano foragido da justiça em seu gabinete quando era deputado também foi comentado por Lula. "Imagine se os milicianos do Bolsonaro fossem amigos da minha família?", questionou.

Neste sábado (27), Jair Bolsonaro retrucou a fala de Lula de que o país é governado por um “bando de malucos”. De acordo com ele, o plano do ex-presidente era roubar a liberdade do povo. “Pelo menos não é um bando de cachaceiros, né?”, disse.

Bolsonaro reafirmou que Luiz Inácio não tinha moral para falar sobre o assunto. “Olha, eu acho que o Lula, primeiro, não deveria falar. Falou besteira. Maluco? Quem era o time dele? Grande parte está preso ou está sendo processado”, opinou ele.