AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Pesquisa revela que Brasil é o país com maior número de influenciadores digitais no Instagram

Influencer comenta como a plataforma permite grande liberdade e rápido retorno

*Bruno Tálamo, colunista de AnaMaria Digital Publicado em 05/08/2022, às 18h01

influenciadores digitais no Brasil podem chegar a um total de 10,5 milhões de pessoas - Instagram/@mariellasarto
influenciadores digitais no Brasil podem chegar a um total de 10,5 milhões de pessoas - Instagram/@mariellasarto

A Nielsen, empresa norte-americana líder mundial em medição, dados e análises de audiência, divulgou um relatório com os números de influenciadores digitais no Brasil e revelou dados surpreendentes: existem mais de 500 mil pessoas que trabalham como influenciadores no Instagram em todo o país. 

A profissão, que parece bastante promissora, ultrapassa outras categorias em números de profissionais. Segundo os Conselhos de classe, são 455 mil engenheiros civis, 374 mil dentistas e 502 mil médicos.

Para chegar à soma de 500 mil influenciadores, a Nielsen considerou apenas as contas com mais de 10 mil seguidores. Se levar em consideração as contas com o número de seguidores entre 1.000 e 10.000 que seguem e/ou interagem, o número de produtores de conteúdo na internet seria muito maior e passaria de 10,5 milhões de pessoas. 

Esse total não diz respeito somente ao Instagram, embora o Brasil seja o país com o maior número de influenciadores na plataforma. Se considerar o Tik Tok e YouTube, o Brasil fica na segunda posição no ranking global, atrás somente dos Estados Unidos. A pesquisa ainda apontou as mulheres como maioria no Instagram e Tik Tok.

RETORNO

Um dos motivos da profissão atrair um grande volume de influenciadores é o retorno relativamente rápido e em alguns casos, muito significativo. A influencer fashion Mariella Sarto é um exemplo perfeito de quem decidiu apostar na rede social mais visada do país. Em 2015, ela deu os primeiros passos com fotografias para algumas lojas e marcas parceiras e acabou descobrindo o seu lugar na rede.

Nos últimos sete anos, Mariella já representou diversas marcas e teve bastante lucro com o trabalho. Com mais de 498 mil seguidores no Instagram, viajou por diversos países e se tornou uma referência quando o assunto é influência na moda. 

Com estilo requintado, a influenciadora segue os passos de Thássia Naves e Camila Coelho, suas inspirações. “Temos que ter alguém que nos inspire a ser melhor. Quando vejo a trajetória das duas eu fico muito feliz em saber que elas conquistaram respeito e excelência com um trabalho que há poucos anos não era tão respeitado. Trabalhar com o Instagram passou de um pequeno hobby para um grande sonho,” conta.

MARKETING DE INFLUÊNCIA

O caminho para o sucesso nas redes sociais é o marketing de influência, que gera confiança entre o público e o influenciador, através de uma boa reputação, muita credibilidade e uma comunicação agradável. O retorno dessa relação é o engajamento e a conversão, que, com o passar dos anos, foram aumentando. 

Em seu início no ano de 2016, o marketing de influência movimentou cerca de 1,7 bilhões de dólares. A previsão para 2022 é de movimentar algo em torno de 16,4 bilhões, quase 10 vezes mais em seis anos.

“Antigamente, as campanhas publicitárias eram estreladas por celebridades da televisão e atletas. Hoje, as campanhas são feitas por um ou mais influenciadores através de suas redes, boa parte no Instagram. As redes sociais são mais efetivas na entrega do que prometem porque a medição é mais exata e as pessoas estão o tempo todo conectadas. Então, é uma questão de cada marca identificar quem poderá representá-la”, comenta Mariella.

LIBERDADE

Não existem muitas barreiras no Instagram, é possível falar de quase tudo, se respeitar as políticas de privacidade. Quando o foco da conta é o trabalho, fica ainda mais interessante, porque as marcas têm nos influenciadores as suas vitrines, e os seguidores são o público em potencial. Em muitos casos, as marcas ainda liberam cupons de desconto, que são um verdadeiro atrativo para quem deseja comprar e uma forma de calcular o retorno daquela campanha. Todos ganham.

Segundo Mari Sarto, o Instagram é uma excelente ferramenta de trabalho porque oferece inúmeras possibilidades. “Além da criação de conteúdo, podemos trabalhar com unboxing (as famosas caixas de recebidos), divulgação de campanhas e eventos, lives, stories, e outras possibilidades. Quem não gosta dos vídeos, pode recorrer às fotos. Não é à toa que todo esse público escolheu o Instagram para trabalhar no Brasil, acho que tem espaço para todos”, afirmou.