Príncipe William revela como reagiria se seus filhos fossem gays 

Herdeiro da coroa britânica contou como seria se descobrisse que filhos são homossexuais

Da Redação Publicado quinta 27 junho, 2019

Herdeiro da coroa britânica contou como seria se descobrisse que filhos são homossexuais
Príncipe William e Kate Middleton são pais de George, Charlotte e Louis - Reprodução/Instagram/@kensingtonroyal

O duque de Cambridge, Príncipe William, revelou durante visita à sede da organização LGBT Albert Kennedy Trust, na quarta-feira (26), como seria sua reação se soubesse que um de seus filhos - George, Charlotte ou Louis - é gay. 

Ao ser perguntado por um jovem homossexual sobre como reagiria, William não hesitou em responder que esta é uma pergunta que outros pais já fizeram para ele. 

"Acho que realmente não se começa a pensar nisto até que você vira pai e, obviamente, eu não teria absolutamente nenhum problema. Eu apoio totalmente qualquer decisão que eles tomarem", declarou o duque. 

No entanto, ele não escondeu que o fato seria motivo de preocupação. "O que me preocupa não é serem gays, mas como o resto reagirá e perceberá, além da pressão. Como pai, é com esse ângulo que eu me preocupo, eu gostaria que a gente vivesse em um mundo que isso fosse algo normal e descolado, mas particularmente para a minha família, na posição que nós estamos, é com isso que eu fico nervoso."

Na visita, o príncipe ainda comentou sobre a agressão física e verbal sofrida por um casal de lésbicas em um ônibus, no início do mês, fato que chocou a sociedade inglesa. "Eu realmente me senti consternado pelo ataque", afirmou o duque.

Tim Sigsworth, executivo-chefe da organização que ajuda aqueles que estão sem casa para morar ou vivem em ambiente hostil por causa da orientação sexual, opinou que as declarações de William são fundamentais para a mensagem de que é preciso apoiar e empoderar a comunidade LGBT. 

"Sua determinação a aprender dos jovens, a desafiar suas próprias percepções e a apoiar os LGBT de maneira tão pessoal para se referir aos seus filhos, isso fará uma enorme diferença", disse Sigsworth.

 

"O Duque de Cambridge conheceu pessoas apoiadas pela @aktcharity e conversou com os funcionários sobre os serviços que eles oferecem, incluindo o abrigo seguro 'Purple Door', serviços 'host' (ou cuidador) LGBTQ, programas de mentoria presenciais e on-line e uma variedade de jovens em atividades de engajamento." (FOTO: Reprodução/Twitter/@KensingtonRoyal)

Último acesso: 01 Dec 2021 - 05:50:15 (1067998).