AnaMaria

Rainha Elizabeth II emite comunicado e se pronuncia sobre renúncia do casal de Sussex

Rainha Elizabeth II se pronuncia sobre decisão de Harry e Meghan Markle em comunicado

Da Redação Publicado em 13/01/2020, às 18h51 - Atualizado às 18h51

Rainha Elizabeth se pronuncia sobre saída de Harry e família - Instagram/ @theroyalfamily
Rainha Elizabeth se pronuncia sobre saída de Harry e família - Instagram/ @theroyalfamily

Após Príncipe Harry e Meghan Markle terem anunciado sua renúncia à Família Real, deixando a internet abalada, a realeza convocou uma reunião nesta segunda-feira (13).

O ocorrido foi em Sandrigham e a Rainha Elizabeth II acabou se pronunciando por meio de um comunicado.

A monarca afirmou que respeita a decisão do casal, mas gostaria que a mesma não tivesse ocorrido:

“Hoje minha família teve uma conversa construtiva sobre o futuro de meu neto e de sua família. Minha família apoia completamente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida. Apesar de que nós preferiríamos que eles permanecessem como membros ativos da família real, respeitamos e entendemos o desejo que eles manifestaram de uma vida independente, enquanto continuam sendo parte valiosa da família”.

Apesar da decisão certeira, a soberana declarou que tudo levará tempo, tendo de ser resolvido em fases.

“Harry e Meghan deixaram claro que eles não querem mais depender de fundos públicos. Concordamos que haverá um período de transição, em que os Sussexes passarão um tempo no Canadá e outro no Reino Unido. Assuntos complexos de famílias precisam ser resolvidos, e há muito o que se fazer, mas eu pedi que decisões finais sejam tomadas nos próximos dias”, finalizou

RUMORES

Além disso, Príncipe William e seu irmão mais novo, Harry, também emitiram um comunicado, mas dessa vez, foi para desmentir alguns rumores.

A mídia estaria comentando sobre uma suposta briga entre a dupla, que teria sido gerada por causa da escolha do duque e sua esposa.

A reportagem que teria tirado os membros da realeza um pouco do sério teria sido feita pelo jornal ‘The Times’, segundo a mensagem.

O meio de comunicação teria citado uma fonte anônima que teria dito que Harry e sua mulher teriam se afastado por conta de atitudes do primogênito que seriam consideradas bullying.

Ambos alegaram que o texto apresenta um ponto de vista “ofensivo” e uma “linguagem inflamatória”.