AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

Receita para se sentir bem nua

Atire a primeira peça de roupa quem nunca ficou pouco à vontade ao estar pelada. Siga este plano simples para driblar a sua insegurança

Redação Publicado em 12/08/2016, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Receita para se sentir bem nua - Istock
Receita para se sentir bem nua - Istock
Toda mulher tem um ângulo em que acha que não fica bem. Nua, então, parece que os defeitinhos se tornam mais drásticos e muitas de nós se refugiam em roupas largas, maiôs escuros e luzes apagadas (na hora da intimidade). Mas saiba: sentir-se bem com o corpo à mostra, seja ele como for, é sinal de saúde emocional. É natural querer se achar bonita e agradar, no entanto, quando suas formas se tornam um problema maior, a ponto de você não conseguir ir à praia à vontade ou curtir o sexo, é necessário investigar as origens da vergonha.


 Aceite quem você é

Um fator que faz crescer o fantasma da imperfeição é a comparação, muitas vezes desmedida, com modelos de silhuetas esculturais. E isso só atrapalha. Pense na beleza como saúde e não como um ideal de perfeição. É claro que se há algo em seu corpo que a incomoda, você pode tentar melhorar – e é justamente para isso que existem diferentes cosméticos e tratamentos estéticos. É a celulite que anda deixando você inchada e a sua pele feia? Faça uma dieta ou use um creminho. O que conta mesmo é como a mulher se relaciona com suas formas. Uma dica: depois do banho, diante do espelho, passe um hidratante no corpo, demoradamente. É uma maneira de desenvolver o contato e ajuda a aceitar seu corpo como ele é. A sedução, por exemplo, tem mais a ver com o modo como você se sente. Por isso, algumas mulheres “fora” do padrão têm mais sex appeal do que as ”perfeitas”.


Admire a sua imagem
Existe um exercício terapêutico que ajuda a evitar a visão distorcida de nós mesmas

Fique na frente de um espelho, primeiramente de olhos fechados, tentando se imaginar da cabeça aos pés.

Agora abra os olhos e observe cada detalhe do seu corpo: nariz, boca, seios, pernas... e pergunte-se: “Como me sinto em relação ao meu corpo?”. Vale praticar esse exercício também com uma câmera fotográfica, registrando cada ângulo e procurando analisar
o que você tem de mais belo. A partir daí, procure se valorizar, sem se lembrar dos padrões. Ao fazer as pazes com a sua
autoimagem, fica mais fácil usar um vestido soltinho, ir à praia, entregar-se ao sexo prazeroso...


À vontade com seu corpo

Não se prive
Já ouviu dizer que você é o que você come? Então, para que o corpo funcione bem e seja bonito invista em alimentação
balanceada. Mas não corte da sua vida alimentos de que gosta muito, mesmo os duvidosos. Consuma-os uma vez por semana, sem culpa.


Beba água, beba água, beba água!
O conselho pode parecer batido, mas os efeitos desse líquido para o organismo são tão grandes que vale a pena enfatizar. A cada copo você elimina toxinas e ajuda o seu metabolismo a funcionar melhor. Tome, pelo menos, dois litros de água por dia e aumente o bem-estar. Anote na agenda: ginástica meia hora por dia Se você já tem o hábito de malhar, ótimo. Se não, ponha seu corpo na
ordem do dia! Marque o horário de se exercitar, assim você vai sentir que o momento reservado é tão fundamental quanto as outras atividades da sua rotina. Mas não precisa se acabar numa academia. Que tal algumas voltas no quarteirão, pondo as ideias - e o corpo - no lugar?


Cultive um momento só seu
Nem que seja no banho! Dedique-se inteiramente a si mesma e aos seus pensamentos, lendo um livro, caminhando ou vendo o programa de TV favorito. É um presente que você merece.


Eleja um ídolo para motivar e inspirar você
Tanto faz se é a mocinha da novela ou a cantora do momento. Pessoas que nos inspiram são estimulantes e nos ajudam a mudar para melhor. Pode ser a roupa, o corte de cabelo... 


Respire com consciência 5 minutos por dia
No corre-corre diário, é raro pararmos para respirar fundo e perceber como nos sentimos. Crie esse hábito, depois de uma refeição
ou logo ao acordar. É uma maneira de entrar em contato consigo.

Escreva uma carta de amor para você
Sim, faça isso uma vez por mês. Olhe para si própria e reconheça o que você tem de bom. É generosa, amiga, ótima mãe, tem um
sorriso aberto, conseguiu perder aqueles quilinhos...

Ande com pessoas que elevam sua autoestima
Cultive amigos e um amor que a admirem e elogiem suas qualidades. Mas, antes de tudo, quem tem que achar o seu valor é você mesma. Um mantra para ter em mente: “Sim, eu posso mudar a maneira como encaro meu corpo e construir uma relação com a minha história”.

Tenha uma postura ereta
A maneira como você anda, senta e se move diz muito sobre seu jeito de ser. Ombros no lugar, queixo ereto. Esse é o porte que exala confiança.

Cuide de si
Cuidar da aparência reflete sua autoestima e faz diferença na maneira como você se mostra para o mundo. Use todo momento de cuidado, penteando o cabelo, passando um creme... aceite seu corpo!