Rede Globo planeja data para retorno de 'Amor de Mãe' e 'Salve-se Quem Puder'

As gravações ocorrerão sob um protocolo de proteção, o que pode impactar alguns enredos

Da Redação Publicado terça 26 maio, 2020

As gravações ocorrerão sob um protocolo de proteção, o que pode impactar alguns enredos
Rede Globo planeja data para retorno de novelas - Globo/Estevam Avellar

As gravações das novelas 'Amor de Mãe' e 'Salve-se Quem Puder' já tem uma previsão de retorno para a grade de programações da Rede Globo. 

De acordo com informações divulgadas pelo site 'Notícias da TV', os estúdios do canal voltarão a operação no dia 13 de julho, entretanto, somente os membros da produção das novelas estarão trabalhando.

As gravações das novelas devem ser retomadas em 3 de agosto, seguindo um rígido protocolo de segurança. Segundo o veículo, espera-se que a exibição dos novos capítulos das atrações comecem na segunda quinzena de agosto

Já outros programas, como o 'Domingão do Faustão' podem ser gravados antes da data, mas tudo depende da contenção da pandemia do Coronavírus. 

Pensando em métodos eficazes de garantir as gravações de maneira segura, a emissora se inspirou nos protocolos seguidos fora do país. 

"Nossos criadores foram convocados a repensar a forma de escrever e realizar para lidar com difernetes limitações, que vão impactar tanto a narrativa quanto os recursos de produção. As recomendações de cuidados valem para todas as etapas de produção, pré-produção à atuação nos sets de gravação, incluindo logísticas de transporte, alimentação e regras para fornecedores, entre outras", explicaram, após divulgarem o novo protocolo em abril. 

A emissora explicou que as novas medidas também estão sendo debatidas com os elencos das atrações

As mudanças no modo de operação seria uma das razões para que a pandemia seja retratada no enredo de 'Amor de Mãe', por exemplo. 

"O que posso dizer é que no momento, esse é o meu estudo: colocar o coronavírus na novela. E seguindo esse caminho, certamente alguns personagens podem ser infectados", explicou a autora do folhetim, Manoela Dias, em entrevista ao site em maio. 

Último acesso: 04 Aug 2020 - 15:33:53 (1111575).