AnaMaria

Relação amorosa à três de Ronaldinho vira ação milionária de uma das partes

O patrimônio de Ronaldinho Gaúcho atualmente seria avaliado em R$ 253 milhões

Da Redação Publicado em 03/05/2019, às 17h15 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Ronaldinho Gaúcho - Reprodução/Instagram
Ronaldinho Gaúcho - Reprodução/Instagram

A jornalista mineira Priscilla Alves Coelho entrou com uma ação judicial na Vara de Família do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro contra Ronaldo Assis Moreira, o Ronaldinho Gaúcho. E parece que não vai sair barato.

De acordo com Leo Dias, do UOL, ela pede uma indenização e partilha de bens referentes ao tempo em que viveu com o ex-jogador, entre meados de 2012 e dezembro de 2018. 

No processo, ao qual o blog teve acesso, ela diz ter vivido uma relação com Ronaldo e uma terceira pessoa, que foi aceita na relação a pedido do ex-jogador. 

Além disso, acusa Ronaldinho de agredí-la com um empurrão, no dia 17 de dezembro de 2018, na rua do condomínio onde eles moravam, na Barra da Tijuca, no Rio. 

Priscilla não registrou queixa na polícia, mas as acusações de violência que estão no processo são baseadas na Lei 11340/06, a Lei Maria da Penha.

A terceira pessoa do tal "trisal" é Beatriz Souza, também mineira, que passou a fazer parte do relacionamento em 2014. Beatriz era amiga de Priscilla antes de se envolver com o casal, e continua, segundo Priscilla, com Ronaldinho até hoje.

O patrimônio de Ronaldinho Gaúcho atualmente seria avaliado em R$ 253 milhões. Durante o tempo em que esteve com Priscilla, atuou nos clubes de futebol do Flamengo, Atlético Mineiro, Querétaro (México) e Fluminense.