Renato Aragão deixa a Globo após 44 anos na emissora

Criador do personagem Didi Mocó seguirá com trabalhos pontuais na emissora

Da Redação Publicado terça 30 junho, 2020

Criador do personagem Didi Mocó seguirá com trabalhos pontuais na emissora
Renato Aragão deixa a Globo após 44 anos de casa - Divulgação

A Globo anunciou, assim como tem feito com diversos artistas veteranos do entretenimento, que não renovará o contrato de Renato Aragão, que se encerra nesta terça-feira (30).

Ao colunista Maurício Stycer, do UOL, o ator, que esteve ligado á emissora por 44 anos, frisou a disposição de seguir em frente.

"Para mim, ampliou meus projetos. Você não sabe como eu estou gostando. É uma nova etapa. Não paro nunca, sempre trabalhando. Eu me considero meio máquina, meio humano", disse ele, que aos 85 anos, descarta a aposentadoria.

Sobre a longa trajetória na Globo, Renato pontuou que foram épocas de muita alegria.

"Primeiro, Os Trapalhões. São 20 anos de sucesso contínuo. Criei o Criança Esperança, que também foi uma maravilha. Depois a Turma do Didi. Fiz muita coisa, tive muita alegria na TV Globo, não tenho nada de ruim para falar. Estou muito feliz com ela", afirmou.

"Nós chegamos a um acordo. Contrato é uma coisa simbólica. Continuo trabalhando na Rede Globo por projetos pontuais e faço projetos em outras plataformas. É a oportunidade de fazer também em outro lugar", acrescentou.

Por fim, o humorista não revelou com quem está conversando, mas especula-se que há projetos sendo discutidos na Netflix e na Amazon.

Último acesso: 05 Jul 2020 - 07:39:06 (1115099).