AnaMaria

Rita Wilson, esposa de Tom Hanks, afirma que cloroquina lhe trouxe efeitos negativos

A companheira do ator relatou que ficou fraca e teve náuseas por causa do medicamento

Da Redação Publicado em 14/04/2020, às 16h24 - Atualizado às 16h24

Rita Wilson dá entrevista e fala sobre COVID-19 - Instagram/ @tomhanks
Rita Wilson dá entrevista e fala sobre COVID-19 - Instagram/ @tomhanks

Tom Hanks e sua esposa, Rita Wilson, foram os primeiros famosos a contraírem o novo Coronavírus, mas declararam, recentemente, que estão curados.

A companheira do veterano resolveu dar uma entrevista ao programa ‘This Morning’, do canal CBS, para compartilhar sua experiência.

A atriz revelou como ficou fisicamente ao passar dos dias com o vírus no corpo.

“Eu me sentia muito cansada, dolorida, desconfortável. Não queria que ninguém me tocasse”, declarou.

A artista também contou que o pior momento da doença foi um dia em que a febre chegou a 39 graus.

Além disso, ela confessou que perder o olfato e o paladar não foi nada prazeroso e que, por conta desses sintomas, foi recomendada, por médicos, a usar cloroquina, um remédio que está em fase de experimento.

A produtora relatou o que sentiu ao passar pelo tratamento com o uso da droga medicinal.

“Me deram a cloroquina para diminuir a febre, o que de fato aconteceu. Porém, o remédio causou efeitos colaterais extremos. Senti muita náusea, tonturas e meus músculos ficaram tão fracos que eu não podia andar”, afirmou.

Por causa de seu conhecimento adquirido nesta etapa, Wilson fez questão de deixar um alerta aos telespectadores.

“Precisamos ter muito cuidado com essa medicação. Ainda não temos certeza se é segura para esse tipo de tratamento”, constatou.

Rita alegou que seu marido teve sintomas muito mais brandos que os dela e que desconfiam que tenham pego o vírus da mesma pessoa, mas não imaginam quem seja e nem quando tenha acontecido.

O casal recentemente doou sangue e o plasma para contribuir às pesquisas que estão à procura de tratamentos mais desenvolvidos para a enfermidade.