São Paulo terá redução no intervalo de vacinas da Pfizer, de 12 para 8 semanas

A medida passará a funcionar a partir da próxima sexta-feira (24)

Da Redação Publicado quarta 22 setembro, 2021

A medida passará a funcionar a partir da próxima sexta-feira (24)
Vacina antecipada - Pixabay/Spencer Davis

O governo de São Paulo anunciou que o intervalo da vacina da Pfizer será reduzido de 12 para 8 semanas, a partir da próxima sexta-feira (24).  A medida também é válida para quem já tomou a primeira dose, que poderá adiantar em quatro semanas a segunda dose do imunizante. 

A nova estratégia dada pelo Plano Estadual de Imunização vai funcionar para os 645 municípios. De acordo com dados da campanha, 6,9 milhões de pessoas receberão a segunda dose, com a redução no intervalo entre as aplicações. 

O indivíduo que mora em São Paulo e já recebeu a primeira dose, precisa contabilizar 28 dias da data que estava prevista para a segunda dose, para a nova previsão de receber o imunizante. 

“A partir de hoje, cerca de 2 milhões de doses estão sendo enviadas aos 645 municípios do Estado para que a gente possa fazer a antecipação e a conclusão do esquema vacinal”, esclareceu Regiane Paula,  Coordenadora  do PEI (Plano Estadual de Imunização).

O governador do Estado de São Paulo, João Doria Jr, realizou o anúncio também em seu perfil oficial do twitter. “Boa notícia! Vamos antecipar de 12 para 8 semanas a aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer em SP. É uma decisão com respaldo da ciência. Temos pressa e senso de urgência para que toda população esteja completamente imunizada”, escreveu.
 

 

 

Último acesso: 28 Nov 2021 - 11:15:05 (1150291).