AnaMaria

Sonia Abrão é processada após divulgar fake news de fotógrafo

Profissional que protocolou ação judicial também pediu R$ 41,8 mil

Da Redação Publicado em 21/05/2020, às 12h03 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Sonia Abrão é apresentadora do 'A Tarde é Sua' - Rede TV!
Sonia Abrão é apresentadora do 'A Tarde é Sua' - Rede TV!

Sônia Abrão, apresentadora do 'A Tarde É Sua', na RedeTV!, está sendo processada pelo fotógrafo Antonio Carlos Rodrigues Gil por divulgar uma fake news sobre ele. O profissional protocolou uma ação no Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro, na última segunda-feira (18), contra a jornalista e a emissora. 

Na ação, ele alega que foi apontado como o responsável por perseguir e cobrar explicações do jornalista Marcelo Cosme, da GloboNews, que estava furando a quarentena para praticar atividades físicas no Rio de Janeiro, em abril.

De acordo com o site Notícias da TV, ele está exigindo uma indenização de R$ 41,8 mil por danos à imagem, além de um pedido formal de desculpa durante dez minutos do programa.

O fotógrafo afirmou que a informação errada de Sonia lhe trouxe diversos problemas como um linchamento moral nas redes sociais. “Durante este período, lhe foram desferidas palavras de menosprezo e ofensas”, argumentou a defesa.

Felipeh Campos chegou a ler uma errata na atração corrigindo a informação. "Na verdade, aquele vídeo que passa o Marcelo Cosme correndo na orla do Rio de Janeiro, me passaram a informação que seria o Gil Rodrigues, nosso colega paparazzo que poderia estar fazendo alguns trabalhos pra AgNews. Na verdade, não é o Gil Rodrigues”, disse.

Mesmo assim, Gil alegou, na ação, que foi ignorado pela emissora e entrou com um pedido de indenização por dano à imagem.

“Certamente, o autor do vídeo, sendo um anônimo, desconhecido, não despertaria o interesse do público. Não teria sido julgado ao vivo e certamente não teria o segundo dia de programa. Percebe-se aqui que a imagem de Gil Rodrigues foi utilizada para fins comerciais, auferindo lucro ao divulgador, e causando-lhe um efetivo prejuízo com a exposição de seu nome profissional“, argumentou os advogados, que também pediram que os vídeos dos programas de 7 e 8 de abril sejam retirados do canal da RedeTV! no Youtube. 

Procuradas pela reportagem, a RedeTV! e a Câmera 5, produtora responsável pelo 'A Tarde É Sua', informaram que não foram notificadas, portanto desconhecem o processo.