AnaMaria

Suzane von Richthofen, Anna Carolina Jatobá e Elize Matsunaga ganham ‘saidinha’ temporária

Detentas receberam o direito de deixar o presídio nesta terça-feira (14)

Da Redação Publicado em 14/09/2021, às 13h07 - Atualizado às 13h07

Elize exibiu um cartaz à filha ao deixar a prisão - André Bias/TV Vanguarda
Elize exibiu um cartaz à filha ao deixar a prisão - André Bias/TV Vanguarda

Suzane von Richthofen, Anna Carolina Jatobá e Elize Matsunaga foram vistas deixando a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP), na manhã desta terça-feira (14). As três receberam o direito à chamada ‘saidinha’ temporária e ficarão em liberdade até a próxima segunda (20), quando devem retornar à unidade. 

Para quem não se lembra, elas ganharam visibilidade nos noticiários ao serem condenadas pelo assassinato cruel de parentes. Suzane responde pelo crime de matar os pais em 2002, Anna Carolina pela morte da enteada Isabella Nardoni em 2008 e Elize foi condenada por esquartejar o marido Marcos Matsunaga em 2012. 

A última, que recentemente ganhou um documentário na Netflix, chamou atenção ao exibir um cartaz com os dizeres “Te amarei além da vida”, direcionada à sua filha, ao entrar em um táxi. A menina vive, desde a época do crime, com os avós paternos e não teve mais contato com Elize. 

Vale mencionar que as saídas temporárias foram retomadas depois de uma série de mudanças devido à pandemia da covid-19. Essa foi a terceira vez no ano que a medida foi concedida aos detentos do Estado de São Paulo que apresentam bom comportamento, já cumpriram uma parte da pena e estão em regime semiaberto. Outra saída está prevista para o fim do nado, entre o Natal e o Ano Novo.