AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Tempestade de areia atinge cidades no interior de São Paulo; entenda

Fenômeno encobriu prédios e paralisou o trânsito na região

Da Redação Publicado em 27/09/2021, às 09h00 - Atualizado às 09h00

Ribeirão Preto foi uma das cidades mais atingidas - Reprodução/EPTV
Ribeirão Preto foi uma das cidades mais atingidas - Reprodução/EPTV

Uma densa nuvem de poeira atingiu algumas cidades no interior de São Paulo e no Triângulo Mineiro, na tarde do último domingo (26). O fenômeno, registrado em vídeos e fotos pelos moradores locais, encobriu prédios e chegou a inviabilizar o trânsito nas rodovias. 

Entre os municípios atingidos estavam Ribeirão Preto, Franca, Orlândia, Jardinópolis, Guaíra, Morro Agudo, Viradouro e Bauru. O ponto em comum entre eles é o clima seco, marcado por incêndios em vegetações e plantações nas últimas semanas. 

Outro motivo relacionado à formação da ‘tempestade de areia’ é a combinação da poeira acumulada ao longo de semanas de estiagem com os ventos fortes que ocorreram antes das chuvas. Em algumas cidades, as rajadas chegaram a 92 km/h, de acordo com o Climatempo. 

Segundo a meteorologista Daniela Freitas, em entrevista ao G1, o fenômeno não é incomum diante dessas condições climáticas e ainda pode voltar a acontecer nas próximas semanas. A boa notícia é que o clima deverá melhorar aos poucos ao longo do mês de outubro, quando o regime de chuvas começa a ficar mais regular, assim como a umidade do ar e do solo.