AnaMaria
Últimas Notícias / Cerimônia

Tom Hanks e Charlize Theron não permitem que discurso de 'Parasita' seja interrompido

Oscar 2020: Elenco de 'Parasita' é interrompido por apagar de luzes e atores protestam

Da Redação Publicado em 10/02/2020, às 14h50 - Atualizado às 14h50

Tom Hanks e Charlize Theron não permitem que discurso seja interrompido - Reprodução/ Oscar
Tom Hanks e Charlize Theron não permitem que discurso seja interrompido - Reprodução/ Oscar

A cerimônia do Oscar, que aconteceu no último domingo (9), surpreendeu a muitos. Isso porque ‘Parasita’, uma produção sul-coreana, levou o prêmio de ‘Melhor Filme’ e acabou marcando a história do cinema por ser o primeiro filme não falado em inglês a ganhar a categoria.

No entanto, um fato que também chamou a atenção foi o momento do discurso do elenco, que estava ocorrendo de acordo com os conformes até atingir os 45 segundos e começar a apagar as luzes, para que assim, o evento fosse encerrado.

Neste instante, algumas pessoas que estavam na primeira fila, como Tom Hanks, Charlize Theron e Margot Robbie, começaram a pedir para que as luzes se acendessem novamente e eles pudessem continuar a falar.

“Acende, acende, acende”, gritavam os atores, que foram respeitados. Neste instante, os holofotes voltaram a focar para os famosos que estavam no palco.

Logo após isso, a produtora-executiva Miky Lee pôde dar início às suas congratulações. “Eu gostaria de agradecer ao diretor Bong. Obrigada por ser você e eu gosto de tudo nele, o sorriso, o cabelo maluco, o jeito que ele fala, o jeito que ele anda e principalmente o jeito que ele dirige. Mas o que mais gosto dele é o senso de humor”, declarou.

Vale lembrar que o longa-metragem também levou para casa as estatuetas de ‘Melhor Filme Estrangeiro’, ‘Melhor Roteiro Original’ e ‘Melhor Diretor’, graças ao cineasta Bong Joon-ho.