AnaMaria
Últimas Notícias / Polêmica

TV Globo é alvo de críticas ao exibir 'bloco falso' na novela ''Amor de Mãe''

Rede Globo deixa fãs descontentes com exibição de 'bloco falso' em 'Amor de Mãe'

Da Redação Publicado em 03/12/2019, às 07h53 - Atualizado às 07h54

TV Globo está exibindo blocos fakes em 'Amor de Mãe' - TV Globo
TV Globo está exibindo blocos fakes em 'Amor de Mãe' - TV Globo

A novela 'Amor de Mãe' mal começou e já está dando o que falar. Isso porque na noite de segunda-feira (2), a TV Globo deixou os telespectadores descontentes ao exibir um 'bloco falso' no final do capítulo. 

A emissora colocou a chamada de 'estamos apresentando' antes do intervalo comercial. No entanto, ao voltar da pausa, veiculou apenas os créditos finais. 

Essa não é a primeira vez que isso acontece, o que acabou gerando revolta do público e diversos comentários nas redes sociais. 

"E essa pegadinha malandra de ir pro intervalo comercial da novela só pra obrigar a gente a ver esse intervalo irritante de ofertas black friday e depois retornar como fim da novela! Hello Procon", disse um internauta. 

"Eu tava a esperando a novela voltar do intervalo e meteram o encerramento? Estratégia pra gente ver as propaganda, dona Globo?", falou outra. 

"Nota zero pra essa moda lançada em 'Amor de Mãe' de encerrar o último bloco, ir para os comerciais e, na volta, mostrar só os créditos finais. O trouxa do telespectador fica esperando. Eu, hein", criticou a jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo. 

Diante da chuva de críticas, a TV Globo se explicou para a colunista Cristina Padiglione, da Folha de S. Paulo, e disse que o 'bloco extra' é apenas "uma experiência pontual dentre as muitas experimentações recentes". 

A emissora ainda ressaltou que a prática é inspirada no mercado internacional e que atende a uma demanda da black friday, que aconteceu na última sexta-feira (29). 

"É importante registrar que, na volta do referido break, houve encerramento da novela, um trailer do próximo capítulo e início imediato do programa seguinte", declarou o comunicado oficial.