AnaMaria

Vacinação gratuita contra meningite C é ampliada para crianças de até 10 anos

É fundamental aderir à campanha para evitar novos surtos da doença

Da Redação Publicado em 31/08/2021, às 09h49 - Atualizado às 09h49

Campanha será mantida até o final de 2021 - Pixabay/Hatice EROL
Campanha será mantida até o final de 2021 - Pixabay/Hatice EROL

O Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, ampliou a faixa etária compreendida pela imunização gratuita contra a meningite meningocócica C - um dos sorogrupos mais perigosos da doença. Até dezembro, todas as crianças menores de 11 anos (de até 10 anos, 11 meses e 29 dias) poderão receber a vacina. O imunizante costumava ser disponibilizado apenas até a faixa dos 5 anos de idade. 

A medida tem como objetivo otimizar o uso das doses remanescentes nos postos de saúde para evitar possíveis surtos da doença. Além disso, a vacina também está disponível para bebês de 3 a 5 meses, com um reforço aos 12 meses. Adolescentes de 11 e 12 anos podem receber a dose única contra os sorogrupos A, C, W e Y. 

Vale mencionar que, segundo dados do PNI, apenas 49% do público-alvo da vacina meningocócica C cumpriu o esquema vacinal até agosto de 2021. No ano passado, os dados apontam a adesão de 78% da população. Um dos motivos para tal são as restrições necessárias diante da pandemia da covid-19

O QUE É

Para além da vacinação, é importante explicar que a meningite é uma doença séria e que, sem a devida prevenção, pode levar à confusão mental, convulsão, sepse e até falência múltipla de órgãos. Por outro lado, os casos mais leves provocam sintomas parecidos com os da gripe, como febre, dor de cabeça e vômito. 

As causas da doença, que afeta principalmente as crianças, estão relacionadas a diversos agentes infecciosos, como bactérias, fungos e vírus. Já a transmissão ocorre através do contato com gotículas e secreções respiratórias, por meio da tosse, espirro ou beijo de uma pessoa contaminada.