AnaMaria

Vanusa está internada em estado grave e respira com ajuda de aparelhos

Filho da cantora lamentou o estado de saúde da mãe

Da Redação Publicado em 23/09/2020, às 17h26 - Atualizado às 17h38

Vanusa com o filho, Rafael Vanucci - Instagram/ @rafavannucci
Vanusa com o filho, Rafael Vanucci - Instagram/ @rafavannucci

O estado de saúde de Vanusa é grave. Ela está internada desde o dia 5 de setembro no Complexo Hospitalar dos Estivadores, em Santos (SP), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. AnaMaria Digital teve acesso ao boletim médico da artista emitido nesta quarta-feira (23), às 17h do horário de Brasília.

“O Complexo Hospitalar dos Estivadores informa que a paciente Vanusa Santos Flores mantém-se internada em Unidade de Terapia Intensiva desta instituição. Encontra-se entubada e com necessidade de ventilação mecânica. O quadro é grave, porém estável nas últimas 24 horas”, informa o documento.

Embora seja afirmado que a cantora é vítima do mal de Alzheimer, a verdade é que não existe esse diagnóstico, segundo Rafael Vanucci, filho de Vanusa. Os médicos explicaram que ela sofre de uma síndrome demencial e não da temida doença. 

“Entende-se por síndrome demencial a condição adquirida, caracterizada por declínio cognitivo e com comprometimento das funções sociais e funcionais. É um termo geral para várias doenças neurodegenerativas que afetam principalmente pessoas na terceira idade”, conta a assessoria de imprensa.

PROBLEMAS RECORRENTES
Vanucci ressalta que a mãe está em estado grave por diversos motivos, incluindo a idade avançada e histórico de doenças: “Ela apresentou piora que foi determinada com a constatação de água no pulmão. Teve também alteração de pressão e tudo isso fez com que a entubassem para preservar as vias respiratórias. Agora, dependemos de uma reação dela”, detalha ele à imprensa.

O jovem relembra que a dependência em remédios, a bebida e a depressão causaram todo o transtorno na saúde de Vanusa. 

“Há 12 anos ela foi atingida por problemas com remédios, bebidas, depressão e dependência química. Tudo piorou há cerca de 5 anos quando ela foi afetada pela bactéria, a h pylori, contraída ao tomar água. Essa bactéria a fez emagrecer quase 40 quilos e isso agravou seu estado. Ficou muito debilitada e as medicações passaram a não fazer mais efeito”, fala.

Segundo Rafael, em todos esses anos, foram feitas várias tentativas para que Vanusa fosse tratada em casa, antes de optarem pelas internações. “Cerca de 8 ou 9 enfermeiras passaram por sua casa, mas ela não aceitava. Daí as internações diversas, em clínica de reabilitação, em casa de repouso, casa para idosos”, destaca.