AnaMaria
Últimas / Auto estima

Fabiana Karla conta sobre condição incurável: “Me deixou muito deprimida”

A atriz confessou que o problema a atrapalhava na TV

Da Redação Publicado em 22/01/2019, às 15h14 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Fabiana Karla estampou uma coleção de lingeries. - Reprodução/ Instagram
Fabiana Karla estampou uma coleção de lingeries. - Reprodução/ Instagram

Fabiana Karla, 43, que está se preparando para voltar às novelas em ‘Verão 90’, tem radicalizado nos hábitos alimentares, usando produtos mais naturais, e conquistando diversos fãs por suas atitudes de empoderamento e aceitação do corpo. 

Na última segunda-feira (22), a atriz revelou, em entrevista ao site Notícias da TV, ter passado por mais um processo de auto aceitação, desta vez, envolvendo um distúrbio na pele.

O DISTÚRIBIO

"Eu tenho melasma, uma coisa que me deixou muito deprimida um tempo atrás. Estou começando a assumir isso, é uma coisa que acontece com muitas pessoas. Algumas dizem: 'Fabiana, você está com uma manchinha no rosto'. Pois é, estou. Eu virei um dálmata (risos). Eu tenho manchinhas, me cuido, mas acontece", explicou a atriz.

O melasma é uma patologia que se caracteriza pelo aparecimento de manchas escuras na pele - principalmente na área do rosto. É mais comum em mulheres, já que o uso de anticoncepcionais e a gravidez podem desencadeá-lo.

"Melasma não tem cura, é de dentro pra fora. Dá pra controlar, mas para estar em frente à câmera, é tão diferente... Eu sou muito vaidosa, me cuido, gosto de estar com aspecto bacana. Mas tive três filhos, e o melasma vem com essa. Vamos lidar com as nossas limitações e entender que isso aconteceu", falou ela.

ALIMENTAÇÃO

Fabiana ainda disse que a meditação a ajudou muito na canalização das energias, do esstresse, ansiedade, e, principalmente, no corte de alguns ingredientes na alimentação - como por exemplo o açúcar. 

"Eu estou fazendo alimentação mais proteica. Meu filho é vegano, faz Nutrição, e eu tenho uma nutricionista maravilhosa, a mesma da Yasmin Brunet. Minha alimentação mudou, é uma transformação por inteiro", concluiu.