Ações ligadas a sustentabilidade ajudam a eleger cidade no Paraná como a mais inteligente do mundo - Reprodução/Instagram
É do Brasil!

Cidade brasileira do Paraná é eleita a mais inteligente do mundo

Ações ligadas a sustentabilidade ajudam a eleger cidade no Paraná como a mais inteligente do mundo

Gabriela Occhipinti Publicado em 10/01/2024, às 12h44 - Atualizado em 12/01/2024, às 09h17

Curitiba, no Paraná, foi eleita a cidade mais inteligente do mundo. A honraria, concedida pelo World Smart City Awards, em Barcelona, na Espanha, é considerada uma das principais nas áreas de inovação e cidades inteligentes. Esta é a quinta vez que a capital se destaca entre as seis cidades mais inteligentes do mundo.

Com renome mundial, a premiação considera, além da inovação, quesitos que abrangem as políticas públicas, programas, planejamento urbano, conectividade, sustentabilidade ambiental e ações de modernização.

A capital paranaense foi a vencedora na categoria “Cidades” e venceu regiões como Barranquilla (Colômbia), Cascais (Portugal), Izmir (Turquia), Makati (Filipinas) e Sunderland (Reino Unido).

Para concorrer à premiação, Curitiba apresentou uma série de iniciativas, destacando os serviços tecnológicos como o Wi-fi Curitiba, a Muralha Digital, o aplicativo Saúde Já, o Nota Curitibana, e os avanços em eletromobilidade, ações de acesso à alimentação saudável e de investimento para redução de emissão de carbono.

 

CASTELO EM CURITIBA

Erguidos durante a Idade Média para proteger reis e rainhas de ataques inimigos, os castelos são um dos principais roteiros de quem viaja à Europa, mas engana-se quem pensa que a atração é exclusiva dessa região. No Brasil, existem diversos estados que possuem essas construções históricas e a capital do Paraná tem uma dessas construções.

Construído na parte nobre de Curitiba, no Sul do Brasil, o Castelo de Batel foi idealizado pelo cafeicultor e cônsul honorário da Holanda Luiz Guimarães e é inspirado nos castelos franceses do Loire. A construção começou em 1924 e foi concluída em 1928. Hoje em dia, funciona como centro de eventos, mas, no passado, foi o cenário de festas ilustres e residência de importantes famílias da região.

Outro ponto importante, principalmente para quem ama o Natal, é que o castelo é um importante ponto turístico de Curitiba nessa época do ano, pois recebe uma decoração especial durante as festividades natalinas.

turismo tecnologia Brasil sustentabilidade Curitiba cidades

Leia também

"O Menino Maluquinho" e muito mais: relembre as principais obras de Ziraldo


Folga para os homens e sobremesa 'grátis': as piores homenagens do Dia da Mulher


Veja fotos de cada Rainha da Bateria do Carnaval SP 2024


Febre nas redes sociais: Saiba 5 curiosidades sobre os copos térmicos da Stanley


Após chuvas intensas, Rio de Janeiro tem sensação térmica de quase 60°C


Quais são os melhores passaportes do mundo em 2024? Ranking mostra reviravolta