AnaMaria

Limpeza doméstica: estudo mostra que devemos limpar o micro-ondas diariamente

O problema é que carnes cruas carregam bactérias como E. coli e Salmonella

Redação Publicado em 03/12/2018, às 11h35 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Micro-ondas é ótimo, mas precisa de cuidados - Vivian Ortiz/AnaMaria
Micro-ondas é ótimo, mas precisa de cuidados - Vivian Ortiz/AnaMaria

O micro-ondas é um dos eletrodomésticos que mais facilitou a vida nos tempos modernos, mas é importante cuidar de sua limpeza.

De acordo com um estudo realizado pela Kimberly Clark, que pesquisou quase 5 mil escritórios, 48% das maçanetas das portas de micro-ondas testadas tinham a presença de 300 ou mais contagens de trifosfato de adenosina (ATP). 

O ATP é uma molécula que fornece a energia necessária para as coisas vivas. Também é usada para medir o quão sujo é algo. Uma contagem de ATP de 300 ou superior representa uma superfície com alto risco de transmitir doenças. 

O MOTIVO

Isso acontece porque usamos o aparelho para cozinhar nossa comida, mas também para descongelar carnes, por exemplo. O problema é que carnes cruas carregam bactérias como E. coli e Salmonella.

E, na hora do funcionamento, é muito comum a comida respingar ao redor do microondas, coisa que nem sempre limpamos.

COMO EVITAR

O micro-ondas está lá para ser usado. Pensando nisso, o melhor é caprichar na limpeza do aparelho, o que inclui a alça externa, após cada uso.

Para fazer o trabalho, basta usar água morna e sabão neutro. No entanto, se a ideia for uma limpeza “mais profunda”, pegue 1/2 xícara de água, 1/2 xícara de vinagre branco, uma tigela para micro-ondas e uma esponja úmida ou pano de microfibra. 

Coloque a água e o vinagre na tigela e ligue o aparelho na potência alta até a mistura começar a ferver. Deixe o microondas esfriar por alguns minutos e depois passe um pano para limpar.