Mensagem da Karlinha: O silêncio vale ouro, sabia?

Quando agimos com calma, os insultos se tornam vazios, sem sentido

Karla Precioso Publicado quarta 21 fevereiro, 2018

Quando agimos com calma, os insultos se tornam vazios, sem sentido
O silêncio vale ouro, sabia? - Shutterstock

Uma das grandes dificuldades da vida é aprender a amar o inimigo. Muitas vezes, entendemos que é preciso retrucar sempre que alguém nos afronta. Mas será mesmo que a intriga é a escolha certa para alcançar a mansidão? Creio que não! Revidar um desaforo, em momento algum, a fará vitoriosa. Na verdade, quem ganha a luta é quem se mune de amor. É claro que é difícil ser insultada e resistir, porém a maior ‘arma’ dos fortes é a resistência. Quando agimos com calma, os insultos se tornam vazios, sem sentido. A tenacidade é, portanto, uma questão de inteligência. E que inteligência! Então, na hora do destempero de alguém, não revide. A reciprocidade negativa é algo que nos empobrece. O pagar com a mesma moeda só causará mais desconforto. Prefira se calar. O silêncio é um dos argumentos mais difíceis de se rebater. Como disse o monge budista tibetano Dalai Lama: “Responder à ofensa com ofensa é como lavar a alma com lama”. Pense nisso. Boa semana e fique com Deus.

Último acesso: 28 Nov 2021 - 11:25:59 (1037623).