AnaMaria

Pergunte ao especialista: ''Existe mesmo a dor de crescimento?''

Para ajudar a aliviar o incômodo, massageie a área dolorida

Da Redação Publicado em 31/03/2019, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Você pode ajudar seu filho a passar por isso. - iStock
Você pode ajudar seu filho a passar por isso. - iStock

O crescimento ósseo não causa dor. As dores podem ser, na verdade, um desconforto causado por excessos de saltos, pulos e corridas que as crianças praticam durante o dia. 

Esse tipo de dor afeta cerca de 25 a 40% das crianças em desenvolvimento e, geralmente, ocorrem durante dois períodos: entre três e cinco anos e entre oito e 12 anos. 

As regiões mais afetadas são as coxas, panturrilhas, joelhos e calcanhares. 

Para ajudar a aliviar o incômodo do pequeno, massageie a área dolorida, ajude-o a fazer alongamento e coloque compressa quentinha.

Ah! E não se esqueça de oferecer apoio e garantia de que as dores vão passar.

ANA PAULA SIMÕES, ortopedista e traumatologista