AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Saiba como a tecnologia vai muito além dos computadores

Podemos ter tecnologias em agronomia, em alimentos, saúde e em vacinas, por exemplo

Da Redação Publicado em 22/06/2022, às 08h00

Sabia como a tecnologia vai muito além dos computadores - Unsplash
Sabia como a tecnologia vai muito além dos computadores - Unsplash

Óbvio que você já ouviu falar do termo Tecnologia, mas não confunda Tecnologia com Técnica. A segunda é o saber fazer. A palavra vem do grego téchne, que significa arte. A arte nada mais é do que fazer criar, fazer algo, alguma coisa, se utilizando de técnica. Em toda e qualquer ação humana, se faz presente a técnica. Inclusive, um dos grandes diferenciais do ser humano é a sua habilidade técnica (saber fazer).

Desde os primeiros objetos e instrumentos criados pela necessidade humana, a técnica esteve sempre presente. A partir da curiosidade, percepção, imaginação, e principalmente a necessidade; o homem foi desenvolvendo técnicas, e criando a cada dia, novos produtos.

Já a Tecnologia é um termo que, em grande parte dos casos, é somente relacionado à Tecnologia da Informação, à Computação, à Informática, aos Computadores, e/ou Smartphones, por grande parte das pessoas da sociedade. É aí que as pessoas se enganam! Tecnologia é muito mais que isso. Quando falamos emTecnologia da Informação, aí sim é computação. Mas podemos ter tecnologias em agronomia, em alimentos, em física, química, saúde, em vacinas, e por aí vai!

Quando escolhemos fazer um Curso Superior em alguma Universidade, Faculdade, ou Centro Universitário, existem várias possibilidades de Cursos em Tecnologia. Geralmente, são de curta duração, com uma média de dois anos, ou quatro semestres letivos. Como exemplos, podemos destacar: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Tec. em Jogos Digitais, Tec. em Redes, Tec. em Gestão Ambiental, Tec. em Automação Industrial, Tec. em Eletrônica Industrial, Tec. em Comércio Exterior, Tec. em Gestão Comercial, Tec. em Gestão da Qualidade, Tec. em Recursos Humanos, Tec. em Gestão Pública, Tec. em Logística, Tec. em Marketing, Tec. em Processos Gerenciais, Tec. em Viticultura e Enologia, Tec. em Design Gráfico, Tec. em Design de Interiores, Tec. em Processos Químicos, Tec. em Cafeicultura, Tec. em Segurança no Trabalho, Tec. em Eventos, entre outros (segundo o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, do MEC – Ministério da Educação).

Já como exemplos de tecnologias na computação, podemos destacar: o Smartphone, o Kindle (para leitura de livros e ebooks), o óculos de realidade virtual, os relógios do tipo smartwatch, novos chips e processadores em computadores (para processamento mais rápido da informação), a lousa interativa digital (para uso em escolas), as SmartTVs (com acesso à internet, e a aplicativos de filmes e conteúdos como NetFlix, Amazon, Google), os sistemas de multimídia em veículos (com recursos de mapas, conexão via bluetooth para smartphones), impressão 3D, inteligência artificial, sistemas acessíveis totalmente pela nuvem (pela internet), entre outros.

NO SEU DIA A DIA TAMBÉM!

No caso de alguns supermercados, podemos destacar como situações de tecnologias, os caixas / terminais de autoatendimento, onde os clientes passam seus produtos, sem a necessidade de um operador humano, simplesmente usando o código de barras dos produtos.

No caso da área agrícola, podemos citar as tecnologias: o uso e o controle de robôs a distância; tratores com plantadeiras que já funcionam desligando automaticamente as linhas de plantio, para que não seja plantado algo duas vezes no mesmo lugar; sensores mais sofisticados para geração de mapas de produtividade; uso de drones para aplicação de pesticidas; colheitadeiras que fazem grande parte do trabalho sozinhas; e mais para o futuro os tratores autônomos (que dirigem sozinhos), entre outros.

Na área da saúde, podemos exemplificar as tecnologias voltadas para produção de vacinas, tele-cirurgias, consultas médicas via videoconferência, aplicativos para manter histórico de vacinas, consultas e demais informações médicas (o prontuário eletrônico), as ferramentas de biometria (para coletar e processar informações sobre as digitais dos dedos de nossas mãos), os testes laboratoriais remotos (TLRs), a rede de inteligência artificial para Covid-19 no Brasil (IACOV-BR), diagnóstico molecular, cabines de teleatendimento, ferramentas de saúde “vestíveis” e digitais, entre outros (Portal Conexão Saúde).

Na área de alimentos, dá para destacar: carne à base de vegetais, validade e durabilidade estendidas de produtos, comida saudável impressa através de novas tecnologias como a impressora 3D, cozinhas inteligentes, alimentação por pílulas, entre outros.

E NA SAÚDE

Gostaríamos de destacar ainda a tecnologia para produção da vacina ButanVac, do Instituto Butantan, em São Paulo (SP). Ela usa o vírus de uma doença respiratória, chamada de Doença de Newcastle, que não provoca sintomas em seres humanos.

No caso, ela é usada como um vetor para levar a proteína Spike do novo coronavírus de forma íntegra, de forma a estimular o organismo humano a produzir anticorpos contra a covid-19. Esta vacina é considerada com alto perfil de segurança, de acordo com informações do UOL.

Esperamos ter desbravado um pouco o mundo da Tecnologia para você!

*JULIANO SCHIMIGUEL é Pesquisador, Orientador de Pós-Doutorado, Doutorado e Mestrado, Professor Universitário (Universidade Cruzeiro do Sul – São Paulo/SP, Centro Universitário Anchieta – Jundiaí/SP) e escreve sobre Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), além de seu impacto na sociedade e no ensino e aprendizagem. Para encontrá-lo, basta acessar seu LinkedIn, seu Instagram, seu Canal no Youtube ou mandar um e-mail: schimiguel@gmail.com

{# Taboola Newsroom #}