AnaMaria

Cronograma capilar: a salvação dos fios

Aprenda a interpretar os sinais dos seus cabelos e recupere-os dos danos com a agenda de tratamentos que é sucesso na internet

Ana Bardella Publicado em 28/08/2017, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Cronograma capilar: a salvação dos fios - iStock
Cronograma capilar: a salvação dos fios - iStock
Você marca tudo no calendário: consultas com os médicos, aniversário das pessoas importantes, eventos... Já pensou anotar também os cuidados necessários com os cabelos? Acredite, essa técnica tem conquistado cada vez mais adeptas por aí! Basta jogar o nome “cronograma capilar” na internet para deparar com as diversas variações do método. O que todas elas têm em comum? São baseadas em “combos” de três diferentes táticas para a recuperação dos fios: hidratação, nutrição e reconstrução. Basta definir a ordem de cada uma delas de acordo com o estado atual do seu cabelo, anotar os dias dos procedimentos e colocá-los em prática!

Qual a diferença?

HIDRATAÇÃO
“O procedimento é feito para reter o máximo de água dentro dos fios”, explica Marcela Buchaim, farmacêutica bioquímica especialista em tricologia e terapia capilar, do Spa do Cabelo, no Studio Tez, em São Paulo. Para isso, o ideal é investir em
produtos que contenham substâncias capazes de impedir a evaporação da água da cutícula capilar, como glicerina, pantenol ou tralose. 
Como fazer: lave o cabelo com xampu antirresíduo (que limpa mais profundamente as impurezas). Enxágue. Passe a máscara e deixe agir por touca térmica ou 20 min. sem o acessório. Enxágue novamente e passe o condicionador. Deixe agir por dois minutos. Enxágue e seque.

NUTRIÇÃO
“É mais potente, já que ajuda a repor outros componentes do fio, como sais minerais e óleos”, indica a tricologista Deise Iamada. Para nutrir o cabelo em casa são necessários produtos emolientes, como diferentes óleos, além de aminoácidos, arginina e cistina também. 
Como fazer: lave o cabelo com xampu antirresíduo. Enxágue e aplique o condicionador. Deixe agir por 2 min. Enxágue novamente. Passe a máscara e deixe atuar por 5 minutos nos fios, com ou sem touca. Retire o produto e seque.
Dica: se o rótulo indicar a presença de substâncias termoativadas (que são ativadas pelo calor), seque com o secador.

RECONSTRUÇÃO
Indicada para cabelos com químicas (principalmente descoloração), que acabam perdendo uma parte da cutícula e, por isso, afinam. “É como se o fio ficasse com buracos que são repostos por queratina, a substância reconstrói a parte afetada”, diz Marcela.
Como fazer: lave o cabelo com xampu antirresíduo. Enxágue e aplique o condicionador. Deixe agir por 2 min. Enxágue
novamente. Passe a máscara com queratina e deixe atuar por 5 minutos nos fios, com ou sem touca. Retire o produto e seque.
Dica: se o rótulo indicar a presença de substâncias termoativadas (que são ativadas pelo calor), seque com o secador.

FREQUÊNCIA
Na internet, muitos sites afirmam que o correto é fazer, pelo menos, três procedimentos semanais. Porém, para as especialistas
ouvidas por AnaMaria, o ideal é colocar as técnicas em prática só uma vez a cada sete dias. “Hidratar, nutrir ou reconstruir os fios
em intervalos curtos de tempo pode deixá-los pesados e flácidos”, alerta Deise. A exceção são os kits com as próprias instruções de
uso – nesses casos, se a recomendação da marca é usar três vezes por semana, ele deve ser seguido conforme as indicações do
fabricante. Por quantas semanas fazer? Até sentir que os fios estão mais saudáveis!

AGENDA
Deise ensina a colocar as técnicas em prática de acordo com o seu tipo de fio. No intervalo entre as semanas, lave com xampu e
condicionador de seu costume.

Quem testou, aprovou!
“Antes, acreditava que bastava um creme para o cabelo se recuperar. Depois do cronograma, aprendi a prestar mais atenção nas
necessidades dos fios e socorrê-los de acordo com elas. Foi assim que consegui salvá-los dos danos provocados pela água oxigenada, quando ainda tinha os fios platinados. Hoje sou ruiva, mas eles estão bem melhores.” 
Rafaela Marchetti, jornalista, 22 anos.

Dica: ao notar que os cabelos estão ficando melhores, você deve deixar as reconstruções de lado e substituí-las por hidratações.