AnaMaria
Famosos / Deu treta!

‘Mendigo pegador’ rebate críticas de Deolane Bezerra: “Talvez tenhamos algo em comum”

Givaldo, mais conhecido como mendigo pegador, gravou um vídeo alfinetando a advogada

Da Redação Publicado em 06/04/2022, às 14h51

Deolane havia chamado o ex-morador de rua de ‘nojento’ nos Stories - Instagram/@givaldoalves_brasil e @dra.deolanebezerra
Deolane havia chamado o ex-morador de rua de ‘nojento’ nos Stories - Instagram/@givaldoalves_brasil e @dra.deolanebezerra

Givaldo Alves, que ficou conhecido como o ‘mendigo pegador de Planaltina’, rebateu as críticas de Deolane Bezerra através das redes sociais, nesta quarta-feira (6). Isso porque a advogada havia afirmado que estava indignada com a popularidade do ex-morador de rua e o chamou de “nojento”.

Em resposta, Givaldo fez menção à entrevista em que expôs detalhes íntimos da relação sexual com a esposa de um personal trainer. Segundo ele, as informações vieram à tona a pedido da própria Band.

“Não sei porquê, porém aqui eu estou lhe dando a oportunidade de entender se assim você quiser. A Band me pediu que eu relatasse detalhadamente tudo que aconteceu naquele dia, que seria cortado para ir ao ar, porém a Band nunca divulgou, pois o material vazou e a mesma Band divulgou uma nota que repudia este ato criminoso e que está apurando os verdadeiros culpados”, declarou ele.

O ‘mendigo pegador’ também aproveitou para alfinetar a ascensão de Deolane nas redes sociais - que começou após a morte de MC Kevin, seu marido na época.

Ele debochou: “Pensei: ‘talvez você esteja indignada por o mendigo haver ganho fama e notoriedade, ainda que por um tragédia’, mas aí pensei: ‘talvez tenhamos algo em comum, florzinha”, insinuando que a advogada tenha se aproveitado da situação.

Confira a publicação completa:

RELEMBRE

Vale lembrar que o caso de Givaldo Alves viralizou nas redes sociais no mês passado. Tudo começou com um vazamento de um vídeo em que o ex-morador de rua é espancado por um personal trainer após ter sido flagrado tendo relações sexuais com a esposa do agressor dentro de um carro.

Não demorou muito para a versão de Givaldo, que ficou conhecido como ‘mendigo pegador’ ou ‘mendigo de Planaltina’, vir à tona - incluindo detalhes íntimos e particulares sobre o envolvimento sexual entre eles.

Por sua vez, o personal declarou que a esposa estava no meio de um ‘surto psicótico’ quando tudo aconteceu e que ela foi internada em um hospital público sob o uso de medicamentos psiquiátricos.

Desde então, o ex-morador de rua conquistou diversos seguidores nas redes sociais, foi convidado para fazer presenças vips em eventos e festa privadas e conheceu diversos influenciadores - tudo isso enquanto a polícia investiga se ele cometeu abuso sexual contra a mulher em condição de vulnerabilidade.