AnaMaria
Famosos / Eita!

Namorado de Flordelis diz que romance continua após a prisão da ex-deputada: ‘‘É amor!’’

Acusada pelo assassinato do ex-marido, pastora completou um mês na cadeia

Da Redação Publicado em 13/09/2021, às 10h03 - Atualizado às 10h03

Os dois estariam juntos desde o início deste ano - Instagram/@allansoarees
Os dois estariam juntos desde o início deste ano - Instagram/@allansoarees

A ex-deputada Flordelisdos Santos de Souza completa, nesta segunda-feira (13), um mês de sua prisão preventiva, acusada de mandar matar o ex-marido, o pastor Anderson do Carmo. Atualmente, ela mantém um relacionamento com o produtor musical Allan Soares, que confirmou que o romance permanece firme e forte à distância. 

O rapaz, de 25 anos, cedeu entrevista ao jornal Extra, porém garantiu que não poderia revelar detalhes sobre a situação. "Continua, sim [o namoro] (...) É amor!", disse. 

Segundo o veículo, os dois já se conhecem pessoalmente há pelo menos três anos. Allan, inclusive, já posou para fotos ao lado de Flordelis e do seu então marido, Anderson do Carmo.

Em fevereiro deste ano, oito meses após o assassinato do pastor, surgiram os primeiros indícios do romance entre a ex-deputada e o produtor musical, que nunca fizeram questão de disfarçar a união. 

PRISÃO

O jornal Extra também forneceu detalhes sobre os bastidores de Flordelis na cadeia. A ex-deputada está há um mês na penitenciária Talavera Bruce, no Rio de Janeiro (RJ), e aguarda o julgamento de um habeas corpus para que possa responder às acusações em liberdade. 

A advogada Janira Rocha, responsável pela defesa da pastora, afirmou que Flordelis ocupa cela reservada em função das sequelas trazidas por um AVC (acidente vascular cerebral). Boa parte de seu tempo na prisão seria dedicado à leitura de livros de Ciência Política e pequenos cultos ao lado das outras detentas.

Além disso, a ex-deputada não recebeu visitas de nenhum de seus familiares. Isso porque, segundo a advogada, os pedidos de dois parentes para se cadastrarem como visitantes foi negado por possuírem ‘apenas vínculo afetivo’ com ela e outros dois seguem em análise.