AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Nicolas Prattes lamenta morte repentina da avó: ‘‘Precisava de você aqui’’

Ator e a mãe, Giselle Prattes, descreveram uma visita de Dona Maria após a morte

Da Redação Publicado em 04/10/2021, às 09h47 - Atualizado às 09h47

Ator publicou sequência de fotos e vídeos com a avó - Instagram/@nicolasprattes
Ator publicou sequência de fotos e vídeos com a avó - Instagram/@nicolasprattes

O ator Nicolas Prattes recorreu às redes sociais para publicar um texto emocionante em despedida à sua avó. A morte repentina de Maria Prattes foi anunciada, no último domingo (3), por Giselle De Prattes, mãe do ator, porém a causa não foi revelada. 

“Você não se orgulharia nada de mim nesse momento, escrevendo aqui no Instagram, cabeça baixa, sentindo ser apenas 50% do que sou, achando que os outros 50% se foram… Com vontade de não fazer nada, cancelar projetos, ficar na cama, socar a parede, gritar, espernear, desafiar a quem te levou…”, começou Nicolas, ao lado de fotos e vídeos com a avó. 

Em seguida, continuou: “Eu sei que não se orgulharia. Por isso, não o farei. Te dar orgulho é o que me move, te ver sorrir é o que me alimenta, não te ter aqui? Nunca imaginei, nem sei como vai ser, e, pela primeira vez, não quero saber”.

Um dos trechos mais emocionantes da homenagem foi quando Nicolas fez menção ao futuro longe da avó. “Eu precisava te dar bisnetos, vó, não tem como eles não te conhecerem, não dá. Eu precisava de você aqui, tem tanto coisa acontecendo… Parece que não vai dar sem você”, disse. 

O ator também descreveu uma conexão espiritual, manifestada através de um pássaro que surgiu no velório de Maria Prattes. “O bem-te-vi que você mandou pousou na cabeça de todos da família. Nós te vemos, mas aí de cima, Dona Maria Prattes, nos veja também (...) Eu sei que você já está vendo, por isso mandou ele! Te amo”, concluiu. 

GISELLE PRATTES

O mesmo episódio do bem-te-vi foi mencionado por Giselle De Prattes, que publicou uma foto com o pássaro em suas redes sociais. Além disso, revelou uma aproximação com a mãe nos meses que antecederam sua morte. 

"No dia mais triste da minha vida, o dia do velório inesperado da minha mãe... Meu Deus, mãezinha, esse ano parecia que nós estávamos nos preparando para este momento. No meio de tantas decepções e dores por expectativas que eu criei e sofri (você sempre me alertava sobre as pessoas, sobre as amizades e associações!) Agora estou só... Quem fará e cumprirá este papel e muitos outros? É devastador…”, lamentou. 

Em outro trecho, afirmou: “Nos aproximamos muito mais, nos perdoamos daquelas coisas que a relação de mãe e filha tem... E estávamos em um ano de paz, eu sentia isso, e ao mesmo tempo, eu me conformava com a sua teimosia que no fundo, eu tanto admirava. Você que era diferente!". 

Quanto à visita do pássaro, Giselle explicou: “Este bem-te-vi entrou na minha casa e pousou em todas as cabeças que estavam presentes... No momento que eu comecei a dizer que senti a presença da minha mãe no velório... Muita dor, meus amigos... Mas também a certeza do tamanho da luz dessa mulher que partiu (...) Ela partiu como sempre disse que partiria: sem sofrer, sem dar trabalho para ninguém, de repente", finalizou.