AnaMaria
Últimas / Notícia triste!

Morre Paulinha Abelha, vocalista do Calcinha Preta, aos 43 anos

Paulinha Abelha estava internada desde o dia 13 de fevereiro para tratar problema renal

Da Redação Publicado em 23/02/2022, às 20h18

Paulinha Abelha morreu na noite desta quarta-feira (23) - Instagram/ @paulinhaabelha
Paulinha Abelha morreu na noite desta quarta-feira (23) - Instagram/ @paulinhaabelha

A cantora Paulinha Abelha, da banda Calcinha Preta, morreu na noite desta quarta-feira (23), aos 43 anos. A artista estava internada  desde o último domingo (13) para tratar problemas renais e, posteriormente, foi transferida para outra unidade de saúde.

A notícia do falecimento de Paulinha foi divulgada no Instagram oficial do Calcinha Preta, por meio de um comunicado do Hospital Primavera, de Aracaju (SE): "A cantora Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, Paulinha Abelha, faleceu hoje às 19h26 em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico".

Por meio da nota, foi informado que nas últimas 24 horas a cantora apresentou importante agravamento de lesões neurológicas, que foram constatadas em ressonância magnética e associada a coma profundo.

"Foi então iniciado protocolo diagnóstico de morte encefálica, que confirmou hipótese após exames clínicos e complementar específicos. Ela estava internada no Hospital Primavera desde o dia 17 de fevereiro, sob os cuidados das equipes médicas de terapia intensiva, neurologia e infectologia", concluiu.

A assessoria da cantora também emitiu um comunicado lamentando sua partida precoce. "É com profunda tristeza que comunicamos que a nossa querida Paulinha Abelha nos deixou e partiu para o outro plano. Com certeza já está nos braços do Pai. Nenhuma palavra será suficiente para expressar o sentimento imensurável de dor pela perda deste ser de luz", escreveu a equipe.

"Muita honra para todos nós termos compartilhado a vida, a arte, a voz, a alegria, a amizade, o sorriso... Tantos momentos que ficarão na lembrança de cada um de nós. Vá em paz! Paulinha respirava a sua família, a arte e cultura, os fãs, o palco... Ela era tão leve, que o seu pouso nesta existência foi breve. Mas o suficiente para polinizar amor e paz em abundância. Foram 30 anos de carreira profissional e mais de duas décadas dedicadas à banda Calcinha Preta. E será eterna a sua colaboração na nossa música, na nossa vida. Paulinha fechou as cortinas aqui na Terra, hoje, para ir falar de música e amor lá no Céu. Por uma eternidade vamos lembrar desta doce criatura!", concluiu.

SITUAÇÃO ERA COMPLICADA

Durante uma coletiva de imprensa, realizada na última terça-feira (21), os médicos responsáveis pelo cuidado da artista afirmam que o quadro atinha uma "gravidade extremamente alta".

Segundo Ricardo Leite, diretor técnico do hospital, Paula teve três tipos de disfunções: renal, hepática e neurológica. Até ontem, o quadro clínico geral estava estável, exceto a parte cerebral, que permanecia em estado crítico.

Ainda de acordo com André, o motivo do coma profundo ainda não estava claro para os médicos. Além disso, o neurologista Marcos Aurélio Alves garantiu que as informações de que a cantora teria uma bactéria no cérebro eram falsas, uma vez que não havia resultados comprobatórios.

Já em relação ao uso de diuréticos e substâncias emagrecedoras utilizadas por Paula, os médicos afirmaram que não tinha como comprovar que isso estava conectado ao quadro de saúde, já que ela fazia acompanhamento para controlar os remédios.

SHOWS CANCELADOS

A banda Calcinha Preta usou as redes sociais, na última segunda-feira (21), para informar o cancelamento de todos os shows agendados até o começo do próximo mês.

A decisão foi tomada por conta do estado de saúde de Paulinha Abelha, que estava em coma na UTI em decorrência de problemas renais.

"Em virtude da internação e aguardando melhoras no quadro de saúde da nossa Paulinha Abelha, o escritório responsável pela carreira da Calcinha Preta decidiu suspender todos os compromissos marcados para a banda até dia 10 de março de 2022", publicaram na ocasião.