10 dicas para levar o cachorro para o Carnaval

Cachorro pula Carnaval? Se você tomar alguns cuidados com seu amigão, é possível!

Luciana Bugni

Seu animal pode ir para o Carnaval, sim! | <i>Crédito: Shutterstock
Seu animal pode ir para o Carnaval, sim! | Crédito: Shutterstock

Vai levar o cachorro para a folia? É legal dar uma olhada em algumas dicas, para não colocar o seu amigão em risco!

1. observe a personalidade do seu animal. Nem todo pet gosta de agitação e bagunça, e alguns podem se sentir ameaçados em ambientes com muitas pessoas e outros bichos. Se esse for o caso do seu bichinho, respeite a personalidade dele e nem invente de arrastá-lo para os blocos.

2. o calor é um problema para o animal, hein?O asfalto quente pode inclusive queimar as patinhas. "Melhor evitar os horários quentes do dia, principalmente para as raças pequenas e as de focinho achatado", diz a médica veterinária Patrícia Paes.

3. seu bichinho é sociável e curte interagir com a galera? Dá até para arriscar fantasiá-lo, mas procure fantasias de material confortável, que não esquente o cão.

4. coleira, guia, e plaquinha de identificação com nome e telefone dos tutores é imprescindível! Se o pior acontecer e ele fugir poderá ser identificado e devolvido em segurança para o tutor.

5. o animal é de porte grande? Avalie a necessidade de uma focinheira. Nunca use focinheiras plásticas: a de metal, em que a boca fica aberta dentro de uma grade é melhor.

6. pense no preparo físico do seu animal. Se, normalmente, ele só caminha algumas quadras durante os passeios, por que fazê-lo andar quilômetros atrás de um trio elétrico? O conforto dele vem antes de sua diversão, hein?

7. vacina em dia para não contrair doenças é importante, sempre.

8. se a música estiver muito alta, melhor poupá-lo. Lembre-se que a audição deles é mais sensível que a nossa e eles podem se ressentir.

9. outra coisa básica é água. "Leve um kit portátil! Molhar a barriga e as patinhas evita a hipertermia, elevação da temperatura que pode causar falta de ar e convulsão!", diz Cillene Cavalcante, responsável pelo marketing da Pet Virtual.

10. protetor solar animal na ponta das orelhas, focinho e barriga, especialmente em cães de pelagem clara e com pouco pêlo. E aproveite a folia para criar grandes momentos de interação e amor entre você e seu melhor amigo. 

 

08/02/2018 - 13:28

Conecte-se

Revista Ana Maria