AnaMaria
BBB / BBB

BBB 22: No Raio-X, Natália elogia Arthur: “O Moleque é bom mesmo”

Natália usou o tempo no confessionário para falar sobre paredão e elogiar Arthur

Da Redação Publicado em 08/04/2022, às 15h37

No Raio-X, Natália elogia Arthur: “O Moleque é bom mesmo” - Reprodução/Globoplay
No Raio-X, Natália elogia Arthur: “O Moleque é bom mesmo” - Reprodução/Globoplay

Depois de ficar em choque com a volta de Arthur Aguiar do paredão falso, Natália usou o Raio-X da manhã desta sexta-feira (8) para elogiar o ator e falar sobre o medo de ir ao paredão.

"Galera, eu levei um choque quando vi o Arthur. Vou ser sincera: o moleque é bom mesmo, tem estratégia fod* e isso me deixa um pouco desestabilizada aqui dentro, com certo receio, às vezes, de ter certas movimentações”, iniciou ela, relembrando sua reação com o retorno do ex-rebelde.

Em seguida, a designer de unhas falou sobre o grupo dos meninos: “Eu sinto que as pessoas estão sempre saindo e estou com muito medo porque eu sinto que o grupo deles realmente está forte.”

Natália disse estar com medo de ir ao paredão e sair do programa, mas que não vai perder as esperanças. “Eu quero confiar que aí fora tem pessoas que gostam de mim, mesmo com todas as minhas imperfeições. Eu acredito que tenho muitas qualidades maravilhosas e quero muito ter fé”, disse a sister.

Ao fim, a sister pediu para sua torcida mandar muitas energias positivas e torcer bastante, e que ela não deixaria a peteca cair.

SENTAR E ESPERAR

Após a volta de Arthur Aguiar do paredão falso, alguns brothers ficaram bastante preocupados no BBB 22. Em conversa com Linn da Quebrada, na sala da casa mais vigiada do Brasil, nesta sexta-feira (8), Eliezer comentou sobre sua trajetória no reality e aproveitou para lamentar algumas atitudes  próprias.

"Sentimento de que não fui bom o suficiente, ou não fui nada bom. Começo a pensar em tudo o que aconteceu, o fato de não ter ganhado uma prova, de nunca ter tido a chance de fazer o jogo virar, poder fazer alguma movimentação diferente", lamentou.

No entanto, Lina tentou acalmar o rapaz: "Não vamos deixar nos abater".