AnaMaria
BBB / Eita!

'BBB': Relembre 5 expulsões por agressão que movimentaram o reality

Maria foi expulsa, nesta terça-feira (15), após agredir Natália Deodato

Da Redação Publicado em 15/02/2022, às 15h15

Hariany Almeida, Ana Paula Renault, Marcos Harter foram expulsos do 'BBB' - Reprodução/TV Globo
Hariany Almeida, Ana Paula Renault, Marcos Harter foram expulsos do 'BBB' - Reprodução/TV Globo

A polêmica expulsão de Maria no 'BBB22' não pegou os telespectadores de surpresa. Acontece que a sister infringiu uma das regras mais importantes do programa, na última segunda-feira (14), ao acertar Natália Deodato com um balde durante o 'Jogo da Discórdia'.

Após uma forte comoção de internautas, a produção do programa avaliou as imagens e informou, nesta terça-feira (15), que Maria está oficialmente fora da disputa pelo prêmio de R$1,5 milhão. A cantora foi chamada no confessionário pouco antes das 13h e, logo em seguida, o Big Boss anunciou para a casa que ela havia sido "desclassificada do 'BBB 22' por descumprir uma das regras do programa".

Apesar de parecer incomum, essa não é a primeira vez que um participante é expulso do reality show por agredir algum colega de confinamento. A história se repetiu em outras edições com nomes memoráveis, como Ana Paula Renault, Hariany Almeida e Marcos Harter e muitos outros. Relembre!

1. Hariany Almeida

Em 2019, já na reta final do programa, Hariany Almeida protagonizou um conflito com sua melhor amiga e maior aliada dentro do programa, a campeã Paula Von Sperling. Na ocasião, as duas se desentenderam durante uma festa e a ex-sister acabou empurrando a colega, que instantaneamente caiu no chão.

Apesar de não ter parecido uma atitude tão agressiva, Tiago Leifert anunciou, no dia seguinte, que Hariany estava fora da competição. Em seu discurso, o antigo apresentador reiterou: “Regra é regra e a regra é soberana. Vale para todos, o tempo inteiro. Vocês aceitam a regra quando entram no programa”.



2. Vanderson

Uma expulsão que rendeu processo na Justiça foi a de Vanderson, participante da edição de 2019, assim como Hariany. No caso, o brother foi retirado após três mulheres o acusarem de estupro, agressão e importunação ofensiva ao pudor.

Todas as denúncias foram feitas após a entrada de Vanderson no reality e, após a confirmação dos casos, ele foi indiciado por lesão corporal.

3. Marcos Harter

Outra expulsão para lá de polêmica foi a de Marcos Harter, em 2017. Durante uma discussão com Emilly Araújo, com quem mantinha um relacionamento, ele segurou e apertou os braços da sister, deixando até marcas em sua pele. O público, então, pediu pela expulsão do brother e, após muita pressão, a Globo decidiu retirá-lo da casa.

Como o programa já estava na reta final, assim que ele saiu, Ieda, Vivian e Emilly se tornaram automaticamente finalistas. Após o término do reality, Marcos chegou a ser indiciado por agressão.


4. Ana Paula Renault

A expulsão de Ana Paula Renault, lá em 2016, também rendeu assunto nas redes sociais. Acontece que, durante uma festa, a sister, que era uma das favoritas na época, deu um tapa na cara de Renan. O brother, então, relatou o caso à produção do programa e Ana Paula não teve escolha: foi retirada da casa.

Quando o ocorrido foi à tona, vários internautas criticaram a expulsão da loira, já que, pelas imagens, os tapas não pareciam fortes. Após sua saída, Ana Paula ainda participou da final do programa e até ganhou um quadro do 'Vídeo Show'.

5. Daniel

O 'BBB' estreou em 2001, mas a primeira expulsão do reality só aconteceu mais de dez anos depois, em 2012. Na ocasião, Daniel foi retirado do programa após ter transado com Monique. Isso porque, pelas filmagens, especulou-se de que ela estava dormindo e não deu consentimento para a relação, o que caracteriza um estupro.

Sendo assim, o brother foi chamado no dia seguinte para deixar a casa. O caso chegou a ser investigado, mas não houveram muitas respostas. Na época, Monique disse que não houve nenhum tipo de abuso.