AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Conquista!

Brasileiro bate marca inédita de 366 maratonas consecutivas nas Américas

Hugo Farias, de 44 anos, é a primeira pessoa nas Américas a correr 366 maratonas consecutivas

Hugo Farias, de 44 anos, é a primeira pessoa nas Américas a correr 366 maratonas consecutivas - Reprodução/Instagram Hugo Faria
Hugo Farias, de 44 anos, é a primeira pessoa nas Américas a correr 366 maratonas consecutivas - Reprodução/Instagram Hugo Faria

O que você seria capaz de fazer para sair da sua zona de conforto? Hugo Faria, de 44 anos, decidiu deixar a carreira de mais de 20 anos como executivo na área de tecnologia para correr maratonas. Ao todo, o brasileiro percorreu 15.569 km no período de um ano e um dia, o equivalente a uma viagem de ida e volta do Rio de Janeiro, no Brasil, a Lisboa, em Portugal. A AnaMaria Digital conversou com ele, que se tornou o primeiro brasileiro a completar 366 maratonas consecutivas nas Américas.

Para percorrer essa trajetória - que também corresponde a uma viagem de Americana, no interior de São Paulo, até a Sibéria, no extremo do continente asiático - uma série de mudanças foram necessárias na vida de Hugo. A primeira delas foi deixar a rotina empresarial.

TENTANDO ALGO DIFERENTE

Um pontapé para isso foi a pandemia da Covid-19 que se alastrou pelo mundo em 2020. “Durante o isolamento social, passei a refletir sobre minha carreira e se iria seguir pelo caminho que estava ou tentar algo diferente. Apesar de ter atingido a realização profissional, com muitas conquistas, crescimento e estabilidade financeira, decidi que era o momento de sair da zona de conforto e me desafiar”, afirma Farias.

De olho na mudança, ele focou em uma atividade que já havia começado: a corrida. O atleta amador participou da sua primeira maratona em 2019 e, em 2020, passou a praticar o triathlon, conciliando sua agenda com viagens frequentes a trabalho e as limitações geradas pelo período da pandemia. No entantofoi apenas em 2022 que o desafio se iniciou na cidade de Americana (SP).

DISCIPLINA, PREPARO E O EXTRAORDINÁRIO

Para completar 366 maratonas seguidas foi necessário muito mais do que deixar o dia a dia da vida profissional. Hugo conta que reduziu sua participação em eventos sociais e adequou seus treinos à rotina da sua família, afinal, ele é casado e tem dois filhos. Como mesmo definiu, “não era só correr, tinha vida também”.

Hugo Faria e família na maratona 365 (Imagem: Clayton Damasceno/Dókimos Produções)

Com foco no objetivo, e saindo do amadorismo ele contou com uma equipe multidisciplinar envolvendo assessoria esportiva, cardiologista, fisioterapeuta, nutricionista, ortopedista e dermatologista.

A iniciativa teve também a participação do Instituto do Coração - InCor, que realiza uma pesquisa sobre a empreitada dele e é liderada pelos cardiologistas Janieire Nunes Alves e Francis Ribeiro, que escrevem um artigo científico com base no acompanhamento de todo o processo.

Hugo Faria fazendo exames no Instituto do Coração - InCor (Imagem: Reprodução/Acervo pessoal)

Assim, de acordo com o corredor, a marca mundial foi possível devido à disciplina, preparo, persistência e trabalho em equipe. "Eu acredito que nada é impossível e que este projeto tem o potencial de inspirar muitas pessoas. O esporte tem o poder de transformar vidas porque é uma das principais ferramentas para melhorar a saúde, superar limites, motivar-se e tornar-se a melhor versão de si mesmo”, afirma.

Em nível mundial, ao conquistar a marca de 366 provas seguidas, Hugo se juntou ao belga Stefaan Engels e ao inglês Gary Mckee - que correram 365 maratonas em 2011 e 2022, respectivamente.

Para o brasileiro, eles o motivaram. “Eu me inspirei nesses atletas para me juntar ao seleto grupo que atingiu a incrível marca de correr uma maratona por dia porque acredito que pessoas comuns podem fazer coisas extraordinárias”, destaca Hugo.

O Guinness World Records, livro que reúne os recordes reconhecidos internacionalmente, atestou no dia 4 de junho de 2024 que Hugo Farias é o homem que completou o maior número de maratonas consecutivas no mundo, consagrando assim a marca do brasileiro.