AnaMaria

“Estou com medo de ter queloide em uma cirurgia. Como evitar?”

Veja o que fazer!

Redação AnaMaria Publicado em 27/04/2018, às 17h03 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

“Estou com medo de ter queloide em uma cirurgia. Como evitar?” - iStock
“Estou com medo de ter queloide em uma cirurgia. Como evitar?” - iStock

“Estou com medo de ter queloide em uma cirurgia. Como evitar?”

Após um trauma na pele causado por cirurgias, acidentes e até piercings ou tatuagens, o organismo inicia um processo natural de cicatrização.
Ele produz colágeno para reparar a parte lesionada. Porém, em algumas pessoas ocorre uma produção exagerada dessa substância, que causa
um crescimento excessivo do tecido da cicatriz, formando um queloide. Ela pode levar até alguns meses para aparecer e apresenta espessura
grande, endurecimento, vermelhidão e pode despertar coceiras e dor. Seu aparecimento está ligado a questões genéticas. Pessoas de origem africana, asiática ou hispânica, por exemplo, tem mais chances de sofrerem essa alteração. Procure um dermatologista.

VALÉRIA MARCONDES, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia