AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Complicado!

Papo sério: Confira algumas dicas de prevenção contra câncer de pele

O câncer de pele é o tipo mais constante no Brasil

Karla Precioso Publicado em 02/04/2022, às 14h30

O câncer de pele é o tipo mais constante no Brasil - Unsplash
O câncer de pele é o tipo mais constante no Brasil - Unsplash

O período mais quente do ano é também o mais prejudicial para a derme. Especialista dá dicas
de prevenção e cuidados.

Não é novidade para ninguém que o verão é o período mais nocivo para a pele. Tempo de praia, piscina e muito sol. Mas toda essa diversão pode se tornar um verdadeiro pesadelo sem os cuidados adequados. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pele é o tipo mais constante no Brasil, correspondendo a 30% dos tumores malignos registrados anualmente.

“Os raios ultravioletas levam a uma alteração no DNA celular, desencadeando o câncer”, conta o dermatologista José Roberto Fraga Filho, da Dermagynus. O calor também causa desidratação da pele, deixando-a mais propensa a eczemas e infeções. Além de questões genéticas, a exposição ao sol de maneira prolongada, repetida e sem a proteção adequada ainda é o principal fator desencadeante da doença. Previna-se, pois, quando descoberta no início, tem mais de 90% de chances de cura.


OUTROS INDÍCIOS

O carcinoma basocelular, mais frequente, apresenta áreas com protuberância, borda elevada e cor
mais avermelhada. Já o carcinoma espinocelular, segundo mais frequente, porém mais agressivo que o primeiro, tem aparência endurecida - uma úlcera que lembra um machucado e não cicatriza. As regiões mais comuns para o aparecimento dos carcinomas são as áreas mais expostas ao sol, como rosto, cabeça, pescoço, nariz, lábios e dorso das mãos.

TRATAMENTOS E SINAIS

Os tratamentos variam conforme o estágio e tipo de câncer, que vão desde cauterizações, aplicações de ácido, nitrogênio líquido e cirurgia. Além disso, é preciso ficar atenta às pintas do corpo. “Existe uma regra para suspeitarmos da pinta, que é a regra do ABCDE”, explica o dermatologista:

Assimetria

Cores diferentes na mesma pinta

Diâmetro da pinta maior que 0,6 cm

Evolução (se a pinta está crescendo ou não)

Bordas irregulares

CUIDADOS

Além do uso diário de protetor solar, mesmo em dias nublados e frios, o melhor método ainda é evitar a exposição em horários cujo raios ultravioletas estejam na sua maior intensidade, ou seja, das 10h da manhã até às 16h.

DEZEMBRO LARANJA

Desde 2014, a Sociedade Brasileira de Dermatologia promove o Dezembro Laranja, iniciativa que faz parte da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele. No último mês do ano são realizadas diferentes ações em parceria com instituições públicas e privadas para informar a população sobre as principais formas de prevenção, diagnóstico e tratamento.