AnaMaria
Casa / Decoração

Acerte no cultivo das plantas: saiba como escolher a opção certa para seu espaço

Além de decorar ambientes, ajudam a purificar o ar e melhoram o astral da casa

Karla Precioso Publicado em 27/09/2020, às 14h30

Não é à toa que são elementos muito interessantes dentro do ambiente - Karolina Grabowska/Pixabay
Não é à toa que são elementos muito interessantes dentro do ambiente - Karolina Grabowska/Pixabay

A pandemia da Covid-19 vem mudando a relação das pessoas com o local onde moram. Viver em uma casa bem ventilada, iluminada e ampla tem se tornado prioridade para quem passou a ficar mais tempo longe das ruas. 

E, dentro dessa tendência do “novo normal”, as plantas também passam a ganhar destaque nas residências. Além de deixar a casa mais bonita, elas preenchem e transformam profundamente o lugar, trazendo a sensação de vitalidade, alegria e aconchego. Também favorecerem o bem-estar e melhoram a saúde física e emocional dos moradores. 

Mas, para escolher a melhor espécie, é preciso considerar as condições de luz e umidade de cada ambiente. Segundo a arquiteta do Grupo A.Yoshii, Ana Paula Pimentel, 

“Antes de escolher uma planta para um cantinho específico, preste atenção se bate sol direto naquele ponto e em quais horários, pois, quanto mais próximo do meio-dia, mais forte é o sol. Existem plantas que não gostam de luz direta e outras que precisam disso. A rega também varia de acordo com o tipo. No geral, prefira plantas adequadas à sua rotina. Quantas vezes você consegue regar na semana também é um fator importante na hora de escolher”, explica a especialista. 

Vem ver como cultivar as espécies no seu cantinho tão especial.

BEM-ESTAR
As plantas são seres vivos e, por isso, além de embelezar o cômodo, elas têm também a capacidade de purificar o ar e melhorar o clima da casa. Não é à toa que são elementos muito interessantes dentro do ambiente, pois se desenvolvem organicamente. Elas podem estar presentes em todos os cantos, como sala, quarto, cozinha e até banheiro, que, aliás, é o espaço que mais precisa de purificação. 

“Além dos benefícios para a saúde física, cultivar plantas é encontrar um tempo de calmaria em meio à rotina, se conectar com o natural e com a simplicidade da vida. Esse contato com a natureza em casa remete a uma sensação de pausa e distanciamento do cotidiano urbano, criando um refúgio dentro do próprio lar”, ressalta a arquiteta. 

PLANTAS PARA TER EM CASA 
De acordo com Ana Paula, cada espécie tem suas necessidades e características específicas para que se desenvolvam de maneira adequada. O importante, então, é escolher aquela que melhor se encaixa ao local onde será colocada e a rotina do morador com relação à disponibilidade para os cuidados adequados. As espécies mais indicadas são:

  • SAMAMBAIA: estão super em alta na decoração de interiores. Não gostam de sol, mas se dão bem em ambientes quentes. Preenchem o espaço com volume e beleza. 
  • SUCULENTAS: são muito conhecidas por suas folhas gordinhas e podem ser encontradas em diversas cores e formatos. Só devem ser regadas quando o solo estiver seco. Como oferecem uma grande variedade, formam uma composição linda e criativa. 
  • BABOSA: precisa ser plantada em vasos de tamanho médio a grande e ser regada apenas uma vez por semana. Como ela pede um pouco da luz do sol, acomodá-las nos locais próximos à janelas é o ideal. 
  • COSTELA DE ADÃO: apesar das folhas grandes, é uma espécie de planta pequena. Se adapta bem a diferentes ambientes, são fortes e resistentes, mas não apreciam luz solar direta. Se adaptam bem em vasos de terra ou de água. 
  • DRACENA: tem aspecto de arbusto, mas, quando cultivada em ambientes internos, conservam portes proporcionais. A planta gera algumas flores e não precisa ser regada com muita frequência. Cresce com facilidade e é ótima para vasos de chão em salas de estar. 
  • ESPADA-DE-SÃO-JORGE: uma bela espécie para ambientes internos. Possui folhas grossas e longas, com tons em verde mesclado. Ajuda a melhorar a qualidade do ar e deixa o ambiente mais fresco. Se adapta muito bem plantada em vaso.