AnaMaria

Saiba o que você faz de errado ao cuidar dos fios e como recuperá-los

Saiba quais são os 9 erros que destroem o cabelo e como evitá-los

Lígia Menezes Publicado em 30/11/2019, às 08h30

Especialista dá dicas de como cuidar dos fios do jeito certo - Banco de Imagem/Getty Images
Especialista dá dicas de como cuidar dos fios do jeito certo - Banco de Imagem/Getty Images

Alguns deslizes, como usar máscara de tratamento todos os dias ou abusar do xampu de limpeza profunda, podem parecer inofensivos, mas acabam com o cabelo

“Hoje, temos linhas de tratamentos para as mais diversas qualidades de cabelo. Além disso, cada produto possui uma função bem definida. Então, é preciso usar a versão certa não apenas para seu tipo de fio, mas para solucionar o problema em questão”, explica o hair stylist Felipe de Souza Andrade (@felipecabeleireirocwb). 

Listamos os possíveis erros que você pode cometer. A boa notícia: sempre dá tempo de reverter a situação!

DORMIR COM O CABELO MOLHADO 
“Além de o cabelo ficar mais rebelde no dia seguinte, deitar com os fios úmidos pode causar caspa e acúmulo de fungos, como mofo no couro cabeludo”, alerta Felipe. Antes de ir para a cama, seque bem os fios.

USAR MÁSCARA COMO CONDICIONADOR 
Acha que está potencializando a hidratação dos fios ao abolir o creme hidratante e, no lugar, aplicar máscara? Acredite, não está. Você pode viciar o cabelo nos agentes da máscara, fazendo com que ela perca o efeito. 

“Substitua o condicionador pela máscara, no máximo, duas vezes por semana. Porém, no dia a dia, o melhor mesmo é finalizar com condicionador, que sela a cutícula do fio aberta pelo xampu da mesma linha”, diz Felipe.

ARRANCAR FIOS BRANCOS 
Vamos pensar juntas: qual a necessidade de tirá-los da cabeça? Além de poder machucar o couro cabeludo, essa não é uma solução definitiva. Afinal, eles voltarão a nascer. Tonalizantes não danificam o cabelo, cobrem os brancos rapidamente – sem agredir o couro cabeludo –, e ainda devolvem o brilho aos fios. 

PASSAR MUITO TEMPO SEM APARAR AS PONTAS 
Sabe quando você fica muito tempo sem cortar e tem a impressão de que o cabelo não cresceu nada? Na realidade, ele cresceu, sim, mas sem o corte regular, as pontas ficam duplas, embaraçam e quebram. Daí a sensação de perda de comprimento. 

“A solução é fácil: a cada três meses, passe no salão e corte as pontinhas”, diz Felipe.

USAR XAMPU PARA O TIPO ERRADO DE CABELO
Hoje, há linhas de tratamento para cada tipo de fio. Por isso, não existe motivo para comprar um xampu para cabelo oleoso, por exemplo, se o seu é ressecado. Você não conseguirá o efeito desejado e gastará dinheiro à toa. Busque uma versão compatível com a sua necessidade.

LAVAR COM ÁGUA MUITO QUENTE 
Assim como o vento fervendo do secador, a água pelando também abre a cutícula do cabelo. Por isso, vá sempre na água morna, principalmente, na hora do enxágue final.

APOSTAR EM XAMPU DE LIMPEZA PROFUNDA QUANDO O CABELO É OLEOSO 
Esse produto é tão potente que não deve ser usado sempre, pois pode agredir o couro cabeludo. Como defesa, o organismo produzirá ainda mais óleo. Use-o esporadicamente antes de algum outro tratamento no salão. No dia a dia, opte por versões suaves indicadas para seu tipo de cabelo. Evite usar muita força na lavagem para não estimular a oleosidade.

ABUSAR DO SECADOR FERVENDO EM FIOS RESSECADOS
O ar muito quente do aparelho abre a cutícula do cabelo. Se o fio estiver ressecado, não será possível selar essa cutícula depois, fazendo com que ele fique ainda mais ressecado, com frizz e perda de movimento. Se perceber alguma dessas características, não ligue o secador no máximo e capriche na hidratação. Antes de secar, aposte num protetor térmico. E, após o ar quente, finalize com vento frio, para devolver brilho aos fios.

DEIXAR DE HIDRATAR O CABELO NO SALÃO 
Os produtos de perfumaria são diferentes dos usados por profissionais. Vez ou outra, é bom fazer tratamentos de recuperação no salão. O profissional saberá bem como aplicar, o tempo de ação e a melhor forma de enxágue.