AnaMaria
Dinheiro / Finanças

Como juntar mais dinheiro? Faça pequenas mudanças na rotina

Economizar no cafezinho e fazer uma previsão semanal são dicas para poupar

Da Redação Publicado em 11/12/2019, às 08h00

Os grandes vilões para o sumiço do salário antes do final do mês são os gastos impulsivos - Banco de Imagem/Getty Images
Os grandes vilões para o sumiço do salário antes do final do mês são os gastos impulsivos - Banco de Imagem/Getty Images

Quando se fala em estabilidade financeira, podemos imaginar três pontos fundamentais: qualidade de vida, patrimônio e reserva financeira. Afinal, é importante ter momentos de lazer, um legado de segurança e ainda um dinheirinho extra sobrando para passar por momentos difíceis, como um desemprego.

Mas dar o primeiro passo costuma ser a parte mais difícil para a maioria das pessoas. Afinal, como juntar dinheiro para alcançar esses objetivos, sendo que não ganho tanto assim? Conquistar o sonho de ter segurança financeira é um desafio para muita gente.

“Especialmente porque não somos educados para lidar com as nossas finanças. A maioria das pessoas passa a vida vivendo em função das suas dívidas e fazendo o inverso dos hábitos de segurança", explica Carlos Terceiro, CEO e fundador do aplicativo de gestão de finanças pessoais Mobills.

Para auxiliar quem deseja poupar, AnaMaria Digital separou as dicas abaixo. Confira!

GASTOS FIXOS VERSUS GASTOS VARIÁVEIS
Despesas fixas aquelas que necessitam ser pagas mensalmente, como água, energia, aluguel e plano de saúde, por exemplo. Na hora de planejar esses gastos é necessário levar em consideração o valor que eles vão representar no orçamento total do mês.

Já os gastos variáveis são todos aqueles gastos extras que não ocorrem todo mês e que podem apresentar grande variação de valor, como idas a restaurantes ou gastos inesperados com remédios, entre outros. Aqui, o ideal é estipular um teto máximo para os gastos, que caiba dentro do orçamento planejado

QUER POUPAR QUANTO?
Para este cálculo, será necessário se basear em sua renda mensal. O mínimo indicado gira em torno de 10% do salário, mas o ideal é que esse valor atinja pelo menos o patamar de 30%. 

Exemplificando: se você tem uma renda de R$ 2000, 10% representam R$ 200 e 30% representam R$ 600. Mas se no atual momento não for possível economizar os 10%, comece com 1% (ou R$ 20 no nosso exemplo). O importante é iniciar e tentar evoluir a cada mês.

FOQUE NOS OBJETIVOS
Fazendo essa separação o ideal é priorizar os objetivos de médio e longo prazo. Ou seja: se conseguiu reservar 30% do seu salário, 15% podem ser destinados para investimentos nos quais você não irá mexer por bastante tempo, como um título de longa duração do Tesouro Direto ou ações de empresas. 

Neste exemplo, o ideal é investir os outros 10% em títulos de médio prazo, algo em torno de 12 a 36 meses, e a menor parte, cerca de 5%, deve ser separada para investimentos de curto prazo.

PREVISÃO SEMANAL
Tente prever a quantia que vai precisar para os gastos diários e limite-se a utilizar somente o valor planejado por semana.

Se a sua despesa com alimentação é de X, e se na quinta-feira esse valor já tiver sido alcançado, você poderá recorrer a outras medidas, como levar comida de casa.

CORTE MESMO
Na maioria dos casos, os grandes vilões para o sumiço do salário antes do final do mês são os gastos impulsivos ou desnecessários, como pequenas compras ocasionais que juntas somam valores que poderiam ser poupados. 
Um cafezinho pós almoço ou um happy hour são super saudáveis, mas eles podem ser reduzidos para uma vez na semana, por exemplo.

ANOTE TUDO
Para fazer boas escolhas e não gastar por impulso, uma boa dica é baixar um aplicativo de controle financeiro no seu smartphone e checar se as despesas estão de acordo com o planejamento. 

Muito complicado? Separe um caderno e anote todas as despesas ao final do dia nele!

RENDA EXTRA
Muitas vezes a renda mensal não é o bastante para que seja possível guardar dinheiro. Se já apertou o orçamento, pagou as dívidas, cortou despesas desnecessárias e mesmo assim não consegue poupar o que gostaria, uma alternativa pode ser criar fontes de renda extra.

Pense bem no que você sabe fazer que poderia lhe render um rendimento ao final do mês, existem muitos aplicativos e site destinados a contratação de freelancers na internet.