AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Após 30 anos longe dos palcos, Sandra Annenberg aceita convite para voltar a atuar

No comando do Globo Repórter, Sandra Annenberg conciliará as duas profissões

Da Redação Publicado em 17/06/2022, às 12h10

Sandra Annenberg aceita convite para voltar aos palcos após 30 anos longe - Instagram/@sandra.annenberg.real
Sandra Annenberg aceita convite para voltar aos palcos após 30 anos longe - Instagram/@sandra.annenberg.real

Sandra Annenberg recebeu o convite para retornar à atuação depois de mais de 30 anos sem exercer essa profissão. A apresentadora do Globo Repórter agora está responsável pela narração da peça ‘Pedro e o Lobo’, da diretora Muriel Matalon, mas garante que isso não a torna menos jornalista.

Em entrevista ao Notícias da TV, ela afirmou que não deixará seu trabalho atual: "Não vou deixar de ser jornalista, como nunca deixei de ser atriz. Voltar aos palcos não significa deixar de desempenhar meu trabalho no Globo Repórter".

Sandra também falou sobre a grata surpresa de ter recebido a proposta para voltar a atuar. "O convite foi inesperado e me deixou muito feliz. Respondi na hora que sim. A obra faz parte da minha infância e é supereducativa. A produção está em fase de captação de recursos para voltar aos palcos ainda neste ano", disse a apresentadora.

Ela ainda contou o porquê de ter topado essa oportunidade: “Aceitei o convite porque é um trabalho em que posso exercitar, ao mesmo tempo, duas características das minhas profissões: contar histórias e interpretar”, revelou ao Notícias da TV.

Além disso, na entrevista ao site, Sandra Annnenberg abordou o que faria se tivesse que escolher entre as duas profissões: "São prazeres diferentes. Durante os últimos 30 anos em que me dediquei exclusivamente ao jornalismo, meu contato com a arte passou a ser como espectadora, mas com um olhar de quem conhece os bastidores e as dificuldades do teatro no Brasil", disse.

Mesmo já tendo experiência no ramo, a apresentadora confessou que o longo período distante da atuação a deixa nervosa. "Se eu fechar os olhos agora e lembrar daquela época, dá um frio na barriga dos instantes antes de entrar em cena. É um outro tipo de ao vivo", revelou.

Vale mencionar que Sandra já contracenou com atores consagrados da dramaturgia brasileira, como Tarcísio Meira, Glória Menezes, Tony Ramos e Edson Celulari. "Sei que não é fácil viver da arte no nosso país. Tenho profunda admiração por quem se dedica à cultura aqui", concluiu a jornalista.

{# Taboola Newsroom #}