AnaMaria
Famosos / Vem aí!

Após beijos no BBB 222, Maria revela que quer reencontrar Linn da Quebrada

A cantora afirmou que tem vontade de reencontrar Linn da Quebrada

Da Redação Publicado em 28/02/2022, às 13h07

Maria fala sobre relação com Linn da Quebrada - Instagram/@eumaria
Maria fala sobre relação com Linn da Quebrada - Instagram/@eumaria

Maria e Linn da Quebrada chamaram atenção no BBB 22 ao protagonizarem o primeiro beijo entre uma mulher e uma travesti no programa. Embora tenha sido expulsa do programa, Maria ficou surpresa em como o público a recebeu bem.

Agora, fora do programa, a cantora revelou que quer encontrar Linn novamente. “Estou aberta a conversar com qualquer pessoa do programa. Quero muito continuar a amizade que eu tinha com a Lina lá dentro. A gente tinha uma troca muito legal, uma identificação uma com a outra. É alguém com quem quero ter uma amizade”, contou em entrevista ao jornal ‘O Globo’.

Na sequência, Maria também mencionou Eliezer, com quem ela também trocou carícias no reality. “Eli [Eliezer Netto] e Lina são pessoas diferentes e com quem tive relacionamentos diferentes. Eu e ela temos nossos atravessamentos", declarou.

A atriz aproveitou para contar que já se relacionou com mulheres trans antes e que nunca foi de olhar para as pessoas e dividir em subgêneros. “Fico com homens e mulheres. Se são cis ou trans são outros quinhentos. Lina e eu éramos muito livres, agíamos de acordo com as nossas vontades, depois voltávamos atrás, preocupadas com o lado externo, com as cobranças da sociedade”, explicou.

“Achei bonita a forma como a edição transmitiu o beijo. Não nos expôs. Eu vi Lina preocupada com isso e me vi preocupada com ela também. Eu falava que a gente estava sendo a gente. Vi que o público acolheu de forma bonita”, continuou.

Maria também revelou que gostou de ser vista pelo público como uma mulher de atitude. “Vi muita gente falando que eu era muito bonita, que nenhum homem da casa rendia para mim, falando que eu queria pegar mulher dentro da casa. Quando vi, aqui fora não estava essa fila toda. E aí tuitei que a camisa 10 estava sofrendo não estava com contatinho nem nada. A pegação com Eli demorou para acontecer. Se dependesse dos homens da casa, não sei se ia. Que bom que tomei a iniciativa", analisou.

MISSÃO CUMPRIDA

A cantora ressaltou que não entrou no programa com objetivo de divulgar seu trabalho, mas para que o público a conhecesse melhor. A atriz acredita que conseguiu cumprir seu objetivo e agora se dedicará novamente à carreira.

"O aumento do número do Instagram é positivo, principalmente porque eu tinha uma relação difícil com a internet. As pessoas não conseguiam criar uma conexão da minha imagem como artista com o que eu trazia como persona das redes, que era muito da minha essência. Elas não linkavam a pessoa que eu era no dia a dia com a da música e a da novela. Agora elas conseguem me entender", explicou.

“Claro que sempre vai ter gente para esculachar, mas aí são ossos do ofício. Entendo que faz parte da minha profissão essa exposição e o fato de as pessoas opinarem sem a gente pedir. Sei que preciso tomar cuidado para não absorver e colocar um filtro no que posso receber", finalizou.