AnaMaria
Famosos / Ofensas

Apresentador da Band xinga Ivete Sangalo de ''vagabunda'' ao defender Jair Bolsonaro

Cantora baiana se posicionou contra o atual chefe de Estado durante um show

Da redação Publicado em 06/01/2022, às 07h45

Luiz Almir, apresentador da Band RN, disparou críticas ao posicionamento de Ivete - Reprodução/Instagram
Luiz Almir, apresentador da Band RN, disparou críticas ao posicionamento de Ivete - Reprodução/Instagram

O apresentador da Band Rio Grande do Norte, Luiz Almir, xingou Ivete Sangalo ao sair em defesa do presidente Jair Bolsonaro (PL). Ele, que apresenta o 'Nordeste Urgente' na Band RN e 'O Povo no Rádio' na 96 FM, desferiu várias ofensas à cantora, que, recentemente, se posicionou contra o atual presidente durante um show. 

Inicialmente, sem dizer nomes, Luiz disparou ao vivo no programa 'O Povo na Rádio': "Uma cantora que já tá em decadência, que envergonha o nome das mulheres. Eu gostava, não escuto. Em uma televisão, se ela tiver cantando eu mudo de canal. E queria que todo mundo fizesse isso, o Rio Grande do Norte fizesse isso", começou. 

"A vagabunda da Ivete 'Sangala' vem fazer um show pra ganhar dinheiro do povo besta do Rio Grande do Norte, em um hotel cinco estrelas cujo dono deve ser irresponsável também, pois se fosse no meu hotel eu tinha botado ela pra fora. E ela ficou cantando e gritando 'manda Bolsonaro tomar no c*, não tô ouvindo não'... E o povo gritando, os esquerdistas doentes gritando", continuou. 

Na sequência, Luiz disse que Ivete foi paga para cantar e não para emitir opiniões. "E não é porque é Bolsonaro não. Podia ser Lula, Antônio, Pedro, Manoel... Não importa quem fosse. Ninguém tem o direito de ir cantar, juntar o povo que paga pra ver o show de uma mulher que já está em decadência, velha, feia, frouxa, e a vagabunda fica mandando a maior autoridade do país tomar no c* em pleno microfone em um hotel cinco estrelas", disparou. 

O apresentador ressaltou ainda que se fosse em outros lugares, a cantora teria "levado ovo na cara". "Fica aí o meu protesto pra essa cantorazinha de quinta categoria. Fique na Bahia", completou. Para finalizar, Luiz disse que não tem nada a ver com o show de Ivete, mas seguiu criticando: "Mostrou o nível, a falta de educação, de nível, e o quanto ela envergonha o nome de ser mulher. Deveriam até examinar, será que aquilo ali ainda é mulher?", finalizou. 

A rádio 96 FM, por sua vez, disse que não concorda com a declaração do apresentador, mas ressaltou que "toda manifestação é válida", afinal é um veículo defensor "da liberdade de expressão. Seja de direita, de centro ou de esquerda."