AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Caiado se declara na missa de sétimo dia do filho: “É uma dor que esgarça”

Ronaldo Ramos Caiado Filho faleceu aos 40 anos no último domingo (03) e recebeu homenagens

Da Redação Publicado em 10/07/2022, às 08h53

Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, ao lado do filho - Instagram/@ronaldocaiado
Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, ao lado do filho - Instagram/@ronaldocaiado

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (UB), compareceu à missa de sétimo dia do filho Ronaldo Ramos Caiado Filho, falecido no último domingo (03), que aconteceu no último sábado (09) na Catedral Metropolitana de Goiás.

“É uma dor que esgarça. Uma dor que sufoca. Uma dor que não para. Uma dor que queima. É algo que você imagina que não está acontecendo”, declarou o governador sobre a morte do filho.

Na declaração, Caiado se referiu ao filho como uma pessoa carinhosa e amorosa, e disse que irá se inspirar em sua humildade para continuar exercendo suas funções políticas: “Só foi possível chegar aqui graças ao apoio de milhares e milhares de pessoas.”

Ele também comentou sobre a fé da família: “Entrei no primeiro dia do meu mandato com uma coroa do Divino Espírito Santo. Neste momento, eu não canso de pedir a ele que me dê força, determinação, garra e coragem para continuar com aquilo que é minha responsabilidade.”

A primeira esposa de Caiado e mãe do velado, Thelma Gomes, e suas irmãs, Marcela, Anna Vitória e Maria, também se lembraram do irmão com carinho. Dentre as homenagens prestadas, foi lido um trecho da Bíblia, exibido um vídeo com fotos da família e tocadas algumas músicas, incluindo “Como é grande o meu amor por você”, de Roberto Carlos. 

“Ele era uma unanimidade. Lindo, carinhoso e amoroso. Era impossível não amá-lo”, disse Thelma ao microfone, acompanhada em coro por Anna Vitória, que conversava com o irmão diariamente.

“Não consegui e ainda não consigo expressar o tamanho da minha dor. Tínhamos um pacto, meu irmão amado: Eu cuidaria sempre de você e você estaria sempre ao meu lado. Assim, caminhamos por curtos, curtíssimos, 40 anos”, se declarou Anna.

A causa da morte ainda não foi divulgada. 

MOMENTO DA NOTÍCIA

O governador recebeu a notícia da morte do filho enquanto assistia à missa da manhã do Domingo (03), da qual saiu às pressas. No mesmo dia, havia publicado uma mensagem de amor para a filha, Maria Caiado, no Instagram, que estava fazendo aniversário naquele dia.