AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / FELICIDADES

Completando 38 anos, Fernanda Vasconcellos recebe declaração do amado

Fernanda Vasconcellos ganhou diversos elogios do marido, Cássio Reis

Da Redação Publicado em 14/09/2022, às 11h41

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fernanda Vasconcellos recebeu uma linda homenagem. - Instagram/@cassioreis
Fernanda Vasconcellos recebeu uma linda homenagem. - Instagram/@cassioreis

É festa! Fernanda Vasconcellos está completando 38 anos nesta quarta-feira (14). A atriz recebeu uma linda e emocionante homenagem do marido, Cássio Reis.

No perfil pessoal no Instagram, o ator publicou um vídeo com vários momentos divertidos com a amada. “Meu amor, feliz aniversário! Mais um ciclo completo, e outro que se inicia! Quantas histórias e momentos tenho pra contar sobre você!”, iniciou ele na legenda.

Em seguida, ele continuou dizendo que tem muito orgulho da esposa: “Que a vida te sorria sempre, com doçura e amor. Te amo infinito”.

Os fãs se derreteram de tanto amor e também parabenizaram a musa: “parabéns, toda a felicidade desse mundo”, “Parabéns para essa mulher mara!!! Viva a Fê!!! Beijos do meu tamanho!”, “Que linda declaração”, “Que Mulher Maravilhosa”.

MATERNIDADE

Fernanda Vasconcellos é mãe de primeira viagem de Romeu. O que para a sociedade parece um conto de fadas, para as mães a realidade não é nada fácil. É o que a atriz revelou em um papo com as artistas Thaila Ayala e Julia Faria no canal do YouTube ‘Mil e uma Tretas’.

Fernanda contou que sofreu nos primeiros meses de vida do primeiro filho, fruto do casamento da atriz com Cássio Reis. Os piores momentos, contou ela, foram por causa da baixa imunidade gerada pela privação de sono.

"Já aconteceram algumas situações, não sei se vai ter um momento pior. Mas já senti algumas vezes essa sensação de "Cheguei ao meu limite. E agora? O que eu faço?" . De chorar, de tentar entender. Aí teve um dia que me deu uma baixa de resistência (imunológica) porque você fica sem dormir. Aí eu fiquei doente. Mas era um doente em que você sente até a falta de sono. Aí eu comecei a amamentar de máscara. Aquilo foi ficando tão horrível... E aí passou. No dia seguinte já foi melhor", disse ela.

Ela completou, porém, que o sofrimento também era do bebê, e que compreender isso foi a chave para mudar a perspectiva: "Mas uma coisa que me tirou desse lugar foi tentar entender que esse choro dele e da falta de sono vem de um lugar que eu também conheço: do medo, da insegurança, de estar em lugar em que eu nunca estive antes. Vivi isso em muitas situações: no trabalho, na pandemia". 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!