AnaMaria
Famosos / Concorda?

Ex-cunhado, Zé Felipe defende Jade Picon: “Deixa a menina fazer novela”

Zé Felipe se incomodou com as críticas que a ex-cunhada vem recebendo

Da Redação Publicado em 13/05/2022, às 12h57

Zé Felipe defende Jade Picon após críticas à ex-BBB - Instagram/@zefelipecantor e @jadepicon
Zé Felipe defende Jade Picon após críticas à ex-BBB - Instagram/@zefelipecantor e @jadepicon

O cantor Zé Felipe foi às redes sociais nesta sexta-feira (13) para expor sua opinião sobre os ataques que Jade Picon vem recebendo após a notícia de que ela estaria escalada para a próxima novela das 21h da TV Globo — ‘Travessia’.

O ex-cunhado da influenciadora, por meio dos stories, gravou um vídeo dizendo o que pensa sobre o assunto: “Vivo no site de fofoca, mas ou, chatice esse trem com a Jade, hein? Nossa senhora, deixa a menina fazer novela caralh*. O povo tá enchendo o saco da menina”, declarou se mostrando incomodado com a situação.

Isso tudo porque diversos atores, instituições e até mesmo o público no geral é contra a escalação de Jade para a novela, fazendo comentários negativos a respeito dessa decisão da Globo.

Apesar das críticas que vêm recebendo, parece que os testes que a ex-BBB fez agradaram e muito a emissora e, principalmente, Gloria Perez, autora da novela que Jade foi escalada para contracenar com Chay Suede.

SINDICATO PODE BARRAR JADE

A notícia de que Jade Picon foi escalada para a próxima novela das 21h da TV Globo vem dando o que falar nos últimos dias. Até mesmo o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro (Sated-RJ) se pronunciou sobre o assunto. Afinal, para exercer o ofício, todos os atores devem ter registro profissional.

Em relação ao tópico de Jade como atriz, embora a autora Gloria Perez tenha gostado muito dos testes da empresária para a trama de ‘Travessia’, o Sated-RJ foi bem firme em suas declarações, apontando que a influenciadora só poderá atuar se tiver o registro.

Além das críticas que Jade Picon recebeu de profissionais do meio, de acordo com o portal Splash, do UOL, a ex-sister terá que lidar com o fato de que o sindicato tentará impedir sua atuação na trama.

Em entrevista ao Splash, Hugo Gross disse: “A lei é muito clara. Sem registro, não trabalha. Isso não é uma perseguição do sindicato a nenhum influencer, a nenhuma pessoa, isso não é uma perseguição às empresas que tão dando trabalho, porque nós, da arte, precisamos de trabalho, nós precisamos realmente que fomentem o trabalho”.