AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Filha de Silvia Poppovic aparece internada para doar medula ao pai: ''Gesto de amor''

Silvia Poppovic compartilhou registro da herdeira no hospital

Da redação Publicado em 14/07/2022, às 12h01

Ana, de 22 anos, é filha da apresentadora Silvia Poppovic - Instagram/@silviapoppovic
Ana, de 22 anos, é filha da apresentadora Silvia Poppovic - Instagram/@silviapoppovic

Silvia Poppovic publicou uma imagem para lá de emocionante de sua família nesta quinta-feira (14). Isso porque sua filha Ana, de 22 anos, está internada para doar a medula ao pai e médico, Marcello Bronstein.

A jovem está hospitalizada para fazer a retirada das células-tronco que serão doadas. Ela é compatível e vai ajudar a salvar a vida do médico, que foi diagnosticado com leucemia.

"Hoje é um dia especial para a nossa família! Há nove meses, meu marido Marcello foi diagnosticado com Leucemia. Foi um baque! Como o tratamento clínico não resolveu, hoje, finalmente, ele recebe as preciosas e saudáveis células-tronco doadas por nossa filha Ana, para a realização do transplante de medula óssea", comemorou a apresentadora.

Silvia, claro, não pôde deixar de celebrar a atitude da herdeira em ajudar Marcello. "Um gesto de amor, generosidade que pode e vai salvar a vida do pai. Estamos muito esperançosos e emocionados!", escreveu, aproveitando para agradecer a equipe que cuida do caso, além do apoio de amigos e seguidores.

Para finalizar, Poppovic se mostrou animada com o procedimento. "Agora, precisamos esperar a “Pega”; o dia em que as novas células se aninham na medula e começam a se reproduzir!", disse, bem humorada. Silvia e Marcello estão juntos há 32 anos.

ENTENDA

Dos tipos de câncer do sangue, este é o mais conhecido. “Trata-se de uma doença que acomete a medula óssea”, explica Carla Maria Boquimpani, hematologista do Centro de Excelência Oncológica do Grupo Oncoclínicas do Rio de Janeiro. 

A medula produz os componentes do sangue, entre eles, os glóbulos brancos, que combatem as infecções. A leucemia se configura quando esses glóbulos deixam de proteger o organismo e passam a produzir as chamadas células neoplásicas, que são cancerígenas.