AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / Saúde

Marrone, da dupla com Bruno, dá entrada em hospital com esofagite

Marrone disse estar melhor e tranquilizou seus fãs

Da Redação Publicado em 21/12/2022, às 13h58

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Marrone foi ao hospital após sentir uma forte azia e queimação - Instagram/@marrone
Marrone foi ao hospital após sentir uma forte azia e queimação - Instagram/@marrone

O cantor Marrone, da dupla com Bruno, deu entrada no hospital São Luiz, em São Paulo (SP), após sentir uma forte azia e queimação.

O sertanejo foi submetido a uma endoscopia e foi diagnosticado com esofagite, uma inflamação do esôfago que provoca azia, gosto amargo na boca, dificulta a deglutição, entre outros sintomas.

Por meio de seus Stories do Instagram, o cantor falou tranquilizou os fãs na última terça-feira (21), contando o que ocorreu e dizendo estar melhor do que antes.

"Tudo bem com vocês? Olha onde eu estou? Estou no hospital São Luiz, em São Paulo. Fiz uma endoscopia, trem chato, né? Mas, graças a Deus, está tudo bem. Estava com muita queimação, muita azia, e deu esofagite", esclareceu.

REVELAÇÕES

A dupla sertaneja Bruno e Marrone revelou que já chegou a brigar muito no passado e, por conta disso, especulações de separação começaram a surgir.

Durante uma  entrevista ao Leo Dias, colunista do Metrópoles, eles contaram detalhes sobre as discussões.

"Ah, já sim. Teve um momento que eu xinguei o Marrone de tudo. Ele treme assim de nervoso. Mas depois passa", disse Bruno.

"Eu queria dar uma porrada na cara dele", respondeu Marrone.

Bruno explicou que os dois faziam as pazes rapidamente: "É impressionante o que as nossas raivas passam. Parece que não aconteceu nada. A gente não guarda rancor".

Marrone chegou a dizer que acredita que tiveram maturidade suficiente para lidar com as situações difíceis.

"Eu conheço pessoas que já separaram, que são irmãos, não vou nem citar, que são irmãos de sangue. O ego, muita vaidade e, às vezes, orgulho. No caso dos dois, não somos irmãos. Eu acho que espiritualmente a gente é mais evoluído do que muitos que já se separaram", afirmou.

"Não é questão de evolução, a gente tem a capacidade de perdoar melhor. Nós dois. Ele me perdoa mais, porque eu encho mais o saco dele", completou Bruno.

Confira a entrevista completa:

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!