AnaMaria
Famosos / Repercussão

Monark diz que está sofrendo um ''linchamento desumano'' após sua fala sobre partido nazista

Ex-apresentador do Flow Podcast voltou às redes sociais após a repercussão de sua fala sobre nazismo

Da redação Publicado em 11/02/2022, às 09h29

Monark era apresentador do 'Flow Podcast' - YouTube/Flow
Monark era apresentador do 'Flow Podcast' - YouTube/Flow

Bruno Aiub, mais conhecido como Monark, voltou às redes sociais, na última quinta-feira (10), para comentar a repercussão de sua fala sobre partido legalizado nazista no Flow Podcast, em que era um dos apresentadores.

No Twitter, ele afirmou que compreende que pode ter machucado muitas pessoas com sua insensibilidade, pedindo desculpas. O ex-apresentador disse ainda que pretende aprender com seus erros e evitar que comentários similares sejam feitos novamente. 

No Entanto, para Monark, o peso de sua declaração não vale o "linchamento desumano" que está sofrendo. Ele ressaltou ainda que nunca apoiou o nazismo, mas apenas defendeu uma ideia. 

ENTENDA

Na última segunda-feira (7), enquando entrevistava a deputada Tabata Amaral (PSB-SP) e Kim Kataguri (Podemos-SP) no Flow Podcast, Monark defendeu a ideia de que o Brasil deveria ter um partido nazista reconhecido legalmente. 

“Liberdade de expressão termina onde a sua expressão coloca a vida do outro em risco. O nazismo é contra a população judaica. Isso coloca uma população inteira em risco", disse Amaral.

Não demorou muito para a declaração ser repudiada por entidades e personalidades midiáticas nas redes sociais. O ex-apresentador tentou se justificar dizendo que estava bêbado e foi insensível. No entanto, ainda assim, ele foi demiitido do Flow.